Voxel

Ainda é cedo para falar sobre a próxima geração de consoles, afirma Shuhei Yoshida

Último Vídeo

Fonte: Reprodução/Lemonde
Ao menos se depender de Shuhei Yoshida, presidente do Sony Computer Entertainment Worldwide Studios, ainda deve demorar certo tempo até que a empresa apresente o sucessor do PlayStation 3. Segundo ele, embora os consoles atuais estejam perto de atingir seus limites técnicos, novos serviços e ideias têm o potencial de prolongar seu ciclo de vida durante um período considerável.

Yoshida acredita que o lançamento do Wii U não significa necessariamente a chegada da próxima geração. “Desde o lançamento do PlayStation 3, seis anos atrás, gráficos evoluíram e resultaram em títulos como Uncharted 3 e Beyond, da Quantic Dream”, afirmou ele ao site francês Lemonde.

PlayStation Vita

“A vida dos consoles foi estendida por serviços online, que continuam a oferecer novas possibilidades com a nuvem e funções sociais inéditas. Dessa forma, ainda é muito cedo para falar sobre o fim da geração atual de consoles”, declarou o executivo. Ele também justificou os motivos pelas vendas abaixo do esperado do PlayStation Vita que, segundo ele, foram prejudicadas pela existência de aparelhos como smartphones.

“Com o aumento da indústria móvel, os estúdios iniciaram uma transição e começaram a destinar mais recursos a esse tipo de produção”, afirmou. “Mesmo que os criadores queiram desenvolver games para o Vita, eles infelizmente contam com menos recursos para isso. Uma das soluções que encontramos é aumentar o suporte para estúdios menores”, complementou Yoshida.

Fonte: Lemonde

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.