Voxel

Alegações de que Battlefront 3 foi cancelado com 99% são falsas, segundo ex-funcionário da LucasArts

Último Vídeo

Img_normalBattlefront 2
De acordo com o cofundador da Free Radical, Steve Ellis, Star Wars: Battlefront 3 teria sido cancelado com cerca de 99% do trabalho concluído e precisava de apenas algumas correções de bugs quando foi cancelado pela LucasArts.

Entretanto, segundo um ex-funcionário da LucasArts, a história é um pouco diferente do que o executivo contou. De acordo com o relato anônimo, o jogo estava no máximo 75% completo, além de ser completamente “medíocre” e “não ter sido testado o suficiente”, além de “ter muito pouco foco na ação”.

Graças a isso e outros problemas, o título não estava à altura da LucasArts e esse sim, seria o real motivo do cancelamento.

“Nós estávamos desesperados pela sequência da nova geração de Battlefront (a alegação de que faltou dinheiro para o projeto é absolutamente ridícula e inacreditável. A franquia era uma gigantesca máquina de fazer dinheiro na época) e a Free Radical continuava perdendo datas e descumprindo prazos. Mesmo assim, a LucasArts continuava investindo dinheiro no projeto”.

“A partir daí, a impressão era de que a Free Radical estava desenvolvendo um sistema de pirâmide em que tempo e orçamento do próximo projeto eram utilizados para a conclusão do título anterior”.

Concluiu o ex-funcionário da LucasArts que não quis se identificar.

Rebatendo as acusações

Steve Ellis viu essas acusações e decidiu se defender: “Eu quero deixar claro que muitas pessoas trabalharam duro no projeto de Battlefront 3 e Battlefront 4 (a sequência já estava encomendada) e eles não merecem ser tratados assim”.

“Pelo tom dos comentários eu acredito muito que a pessoa que fez essas alegações é alguém com quem eu tratei pessoalmente. É uma pena que quem faça esse tipo de crítica escolha permanecer anônimo.”

“Em 2008, a LucasArts inteira estava com sérios problemas. Toda a equipe de gerenciamento que estava presente por lá quando nós começamos a trabalhar juntos foi substituída no início de 2008. Muitos projetos foram cancelados”.

“Soubemos que eles não poderiam arcar com o desenvolvimento de BF3 e sua sequência, então, eles negociaram o término de BF4 e, logo em seguida, de BF3. Não houve uma rescisão por descumprimento como foi dito”.

Steve Ellis ainda soltou uma provocação:

“Se o problema realmente foi a nossa falha em atender a urgência desesperada deles por um novo Battlefront, você pode perguntar a eles por que, depois de todo esse tempo, eles ainda não liberaram um novo game da série utilizando um desenvolvedor diferente. Eu só posso especular”.

E aí? Quais foram os reais motivos do cancelamento do game? Possivelmente nunca saberemos. Não deixem de dar a sua opinião nos comentários.

Fonte: Eurogamer, Gamespot

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.