Voxel

Animal! Koei Tecmo mostra que Ni-Oh voltou – e dessa vez, para ficar

Último Vídeo

Quem acompanha as notícias relacionadas à Koei Tecmo deve lembrar que, no já longínquo ano de 2006, a produtora anunciou Ni-Oh. O título ficou esquecido, mas retomou aos holofotes em 2009 com o anúncio do envolvimento do Team Ninja no projeto e, posteriormente, voltou a fugir de nossas atenções. Porém, o conteúdo mostrado na Tokyo Game Show 2015 mostra que tudo isso ficou para trás, já que o cenário mudou – e para melhor. 

Para começar, temos a sequência que abre esta notícia, na qual é possível ver o protagonista do game detonando alguns inimigos armados com espadas e lanças. O ritmo de jogo, pelo que podemos ver, promete ser bem dinâmico, tal como o que podemos ver em Dark Souls, com direito à uma ambientação mais escura e mostros de aspectos bem variados para enfrentar. 

Caso o trailer acima não tenha sido suficiente, também temos o vídeo abaixo. Cortesia do site Nico Nico, ele traz parte de uma transmissão feita em razão da Tokyo Game Show 2015. Nesse trecho, vemos o protagonista andando por áreas repletas de inimigos, além de termos a chance de ver um pouco da personalização do guerreiro. 

Também podemos ver que o personagem vai poder invocar o que parecem ser espíritos de animais para ajudar nos combates. No trecho abaixo, por exemplo, podemos ver um cachorro concedendo poderes de fogo à espada, ajudando o protagonista a encarar os mais diversos inimigos (incluindo nessa lista uma criatura gigante). 

A opinião de quem viu 

Durante o evento japonês, a Koei Tecmo exibiu um pouco do que estará em Ni-Oh a portas fechadas – muito por conta da quantidade de sangue jorrando dos inimigos derrotados e coisa do gênero, algo que podemos ver nos trailers apresentados anteriormente. 

De acordo com o site vg24/7, Ni-Oh pode ser descrito como um game no qual os inimigos podem acabar com a sua raça utilizando apenas três ou quatro golpes. Para dar cabo dos oponentes, o protagonista pode trocar de armas sempre que achar necessário, e na apresentação foi possível ver o personagem carregando uma espada, uma lança e um arco. 

Quanto aos combates, houve a menção de que eles vão exigir que o jogador bloqueie, esquive e calcule bem o tempo necessário para acertar o inimigo sem ser surpreendido por uma investida. Na demonstração, foi possível acompanhar a luta contra uma espécie de ogro que usava o que pareciam ser três esferas para atacar o jogador. Caso o inimigo quisesse usá-las novamente, era preciso se aproximar delas, criando boas oportunidades para investidas. 

Foi mencionado ainda que a interface do usuário traz um menu mostrando os comandos do direcional como atalho, e que cada ação feita (como correr, pular, esquivar e atacar) drena um pouco da energia indicada em uma barra verde.

Além disso, o jogador deve procurar por pontos específicos para evoluir, e em áreas nas quais outros jogadores morreram é preciso apertar o botão correto para ver o que aconteceu ou pagar pela sua curiosidade: pressionar a tecla errada faz com que um monstro apareça, mas um brinde é oferecido caso consiga derrotá-lo. 

Falando com a Lua 

Por fim, o site vg24/7 relata um dado curioso: um dos indicadores vistos no game mostra a Lua, o que indica que possivelmente haverá uma diferença entre encarar os inimigos à noite ou em uma determinada fase do satélite da Terra. 

Ni-Oh será lançado exclusivamente para PlayStation 4 em algum momento de 2016.

O que você achou de Ni-Oh? É o tipo de game que você compraria no lançamento? Comente no Fórum do TecMundo Games

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.