Voxel

Após balanço fiscal negativo, Square Enix pretende mudar filosofia e reformar modelo de negócios

Último Vídeo

Img_normal

Quando uma empresa está no vermelho, ou seja, quando “o time está perdendo”, é porque talvez seja necessário mexer em algumas peças. Seja na filosofia, seja na equipe, seja no modelo de negócios. E parece que a Square Enix, na divulgação de seu relatório oficial do último ano fiscal, fechado no mês de março, pretende adotar novas filosofias e metodologias para obter êxito nas futuras empreitadas.

Com perda de 134 milhões de dólares, a companhia detalhou novas estratégias que podem ajudar a mudar esse panorama. Segundo Yosuke Matsuda, diretor-administrativo sênior da gigante, a Square Enix “planeja construir um portfólio confeccionado aos gostos do consumidor em regiões específicas” depois de constatar que é “muito difícil” vender títulos blockbuster em escala global.

Eles pretendem adotar um modelo de negócios mais transparente, em que a comunidade gamer possa interagir com as etapas de desenvolvimento de um jogo. “Não estamos mais numa época em que os clientes ficam às escuras até que o produto final saia do forno. Precisamos mudar para um modelo de negócios em que há interação com nossos jogadores para produtos ainda em desenvolvimento a fim de que façamos algo que atenda às expectativas de todos”, afirmou Matsuda no relatório, citando o Kickstarter e o Steam Greenlight como bons exemplos desse modelo, que sempre repassa um feedback dos jogadores aos criadores.

Img_normal

Além disso, a companhia pretende desenvolver sequências com mais rapidez, pois, segundo o relatório, os jogadores podem "perder a empolgação com a demora e migrar para outras franquias".

Por fim, a Square Enix pretende dedicar atenções ao desenvolvimento de jogos para dispositivos portáteis, como tablets e celulares, e também focar na distribuição online.

Tudo isso faz parte de uma reformulação estrutural da companhia e de um realinhamento de seu panteão executivo. “Eu acho que é necessário repensar na definição de um título ‘AAA’ e focar nesse novo tipo de jogo, além dos convencionais blockbusters”, completou Matsuda.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.