Arkane divulga mais detalhes sobre os poderes e armas do novo Prey

Arkane divulga mais detalhes sobre os poderes e armas do novo Prey

Último Vídeo

Capa da edição de janeiro da revista Game Informer, o novo Prey ganhou uma série de informações totalmente novas divulgadas pela publicação. Entre os destaques estão os detalhes sobre os “poderes fora deste mundo” que o jogador vai poder usar e combinar com armamentos bastante diferenciados.

Muitos desses itens são resultados do fato de que Talos I, a estação espacial que serve como palco para a aventura, está cheia de alienígenas poderosos. Adotando uma filosofia de design próxima à de Dishonored 2, os desenvolvedores criaram poderes que permitem a você realizar ações como possuir seus inimigos ou usar os elementos de um cenário para criar armadilhas mortais.

Um dos aspectos mais interessantes do novo Prey é o fato de que cada espécie de alienígena possui uma habilidade diferente — que você pode incorporar a seu arsenal após uma análise genética e a alteração do DNA de seu personagem. Usando uma ferramenta conhecida como “Neuromod”, os jogadores podem aumentar a efetividade desses poderes, criando uma experiência mais personalizada.

Psy Mode

Ao usar um poder, você ativa o que é conhecido como “Psy Mode”, no qual o tempo se desacelera, permitindo repensar movimentos e agir de maneira mais estratégia. Para evitar que os jogadores fiquem mais poderosos, a ativação do recurso está atrelada a um contador de “resfriamento” — além disso, quanto mais vezes você usar suas habilidades, mais próximo fica de ser encontrado por um monstro conhecido como “Nightmare”.

Confira algumas das habilidades oferecidas pelo game:

  • Lift Field – permite criar campos que revertem a gravidade e mandam seus inimigos em direção ao céu;
  • Kinectic Blast – um pulso de energia que pode ser usado para puxar objetos, danificar inimigos e se afastar de itens perigosos;
  • Leverage – habilidade que possibilita levantar objetos pesados facilmente e usá-los como forma de matar inimigos ou abrir novos caminhos de exploração;
  • Mimic – poder que permite assumir as características de qualquer objeto, seja ele uma xícara de café ou uma cadeira;
  • Mindjack – habilidade que permite tomar o controle de outros humanos e, em um nível mais avançado, de entidades robóticas;
  • Psychoshock – impede que inimigos usem habilidades psíquicas durante um tempo limitado;
  • Remote Manipulation – usando sua mente, o jogador pode pegar objetos distantes ou interagir com eles;
  • Superthermal – uma espécie de bomba que causa dano de plasma em todos os inimigos nas proximidades.

A Arkane também aproveitou a grande matéria feita pela Game Informer para divulgar mais detalhes sobre os armamentos encontrados durante a aventura:

  • Disruptor Stun Gun – uma ferramenta básica para quem pretende agir de forma não letal. Com alcance curto, ela provoca um choque que funciona tanto em humanos quanto em entidades robóticas;
  • GLOO Cannon – essa arma construída para defesa atira uma espécie de cola que pode bloquear ou desabilitar seus alvos. Ela também é útil para vedar saídas de gás ou criar apoios para você chegar a áreas normalmente inacessíveis;
  • Recycler Charge – uma espécie de granada que cria um pequeno buraco-negro que atrai qualquer objeto que não esteja pregado ao chão. Os materiais que sobram após seu uso podem ser reciclados para criar novos itens.

Essas são somente algumas informações preliminares sobre Prey, cuja versão final deve apresentar uma quantidade ainda mais variada (e maior) de armamentos e poderes especiais. Com versões confirmadas para Xbox One, PlayStation 4 e PC, o título deve chegar às lojas em algum momento de 2017.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.