Assassin’s Creed III para Switch deixa a dever em análise técnica

Assassin’s Creed III para Switch deixa a dever em análise técnica

Último Vídeo

Lançada para o Nintendo Switch no dia 21 de maio, a versão de Assassin’s Creed III Remastered para a plataforma não é exatamente a mesma que saiu para PlayStation 4, Xbox One e PC. Embora algumas diferenças já fossem esperadas, uma análise conduzida pela Digital Foundry mostra que o game se aproxima mais de seu lançamento original do que das novidades preparadas para a atual geração de consoles.

Além de a versão do jogo para o Switch não trazer as melhorias de iluminação vistas nas demais plataformas, ela também mantém os bugs que foram eliminados nelas. A impressão é que, em vez de trabalhar com uma remasterização completa, a Ubisoft preferiu simplesmente fazer uma adaptação da versão que havia sido lançada para o Wii U.

Ideal para a jogatina portátil

Nem tudo é exatamente ruim nesse sentido: o Switch consegue manter 1080p no modo dock, mas traz algumas oscilações em seu desempenho. Segundo a Digital Foundry, o modo que se destaca na plataforma é o portátil, que mantém uma taxa constante de 30 quadros por segundo, embora a versão de Liberation deixe de lado qualquer anti-aliasing nesse modo, o que deixa os modelos bem “quadrados”.

Assassin's Creed III

A conclusão da análise é que, enquanto essa é a versão ideal para quem deseja jogar no modo portátil do Switch, é melhor apostar nas versões para PlayStation 4, Xbox One ou PC se o objetivo é jogar na tela grande. Assassin’s Creed III Remastered pode ser comprado tanto de forma individual ou como parte do Passe de Temporada de Assassin’s Creed Odyssey.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários