Atualização de Dying Light aumenta a dificuldade para modificações do jogo

Atualização de Dying Light aumenta a dificuldade para modificações do jogo

Último Vídeo

Contrariando todas as expectativas, a Techland parece disposta a lutar ativamente contra as modificações de usuários em seu novo jogo de zumbis, Dying Light. De acordo com as notas da atualização 1.2.1 do título, uma das alterações feitas foi o “bloqueio de trapaças feitas por meio de alteração dos arquivos de dados do game”, o que afeta diretamente os mods tanto para o multiplayer quanto para quem quer jogar sozinho.

Até então, a única alteração notável a se espalhar entre os jogadores de Dying Light havia sito um pequeno arquivo de 532 bytes que permitia a desativação do efeito de granulação de filme – o que não parece ser algo muito abusivo. A modificação, que antes estava disponível por meio de serviços como MediaFire e TinyUpload, agora está indisponível por conta de uma alegação antipirataria da Electronic Software Association (ESA).

Usuários do Reddit descobriram que a remoção veio de uma decisão baseada no Ato Digital Millenium de Copyright (DMCA, na sigla em inglês). O texto compartilhado, no entanto, não deixa claro que o pedido de remoção foi feito pela Techland, pela Warner Bros. ou por ambas. A notícia soa ainda mais estranha quando consideramos o suporte dado pela produtora aos mods para seu título anterior, Dead Island – que chegou até a originar outro game, Hellraid.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.