Voxel
Seja o primeiro a compartilhar

[Atualizado] Já? Hackers liberam Jailbreak do PS4 para rodar games piratas

Último Vídeo

[Atualização/Errata]

Caros leitores do BJ, tudo indica que a notícia tem caráter falso, pois o usuário Reckz0r, que se diz um ex-membro do notório Anonymous, é um charlatão das antigas. O destravamento descrito por ele envolve o download de arquivos supostamente armazenados em um site para depois serem instalados no PS4 em modo de segurança, com tutorial e tudo, como vocês puderam conferir.

Ocorre que, após uma investigação realizada pelo Arena IG, tudo não passa de ilusão sensacionalista. Ao tentar baixar os arquivos indicados por Reckz0r, o usuário recebe a mensagem de que eles não existem mais ou foram removidos devido à violação de direitos autorais – exatamente a mesma mensagem que aparece para qualquer nome que você inventar após a URL https://depositfiles.com/files/.

O Arena IG reporta que, se os arquivos realmente existissem e funcionassem, alguém já os teria baixado, testado e, no mínimo, armazenado em outros servidores. Mas a verdade é que, segundo o portal, não há onde encontrar esses arquivos na internet e tampouco provas de que eles realmente funcionam, mesmo três dias após a publicação do autor.

Apenas para discorrer um breve panorama de Reckz0r, o "hacker" (com as devidas aspas deliberadamente inseridas) é conhecido por disseminar notícias falsas de invasões de sua autoria a grandes sites e sistemas. A suposta invasão à Xbox LIVE, no começo deste ano, morreu na praia. O site da CNN, que teria sido invadido também por Reckz0r, não sofreu um "arranhão" sequer. O site Cyber Wars News, especialista em notícias de cyberativismo, crava que nada disso jamais aconteceu. Aliás, o veículo classifica Reckz0r como um "ladrão".

Portanto, neste momento, o Jailbreak do PS4 deve ser absolutamente considerado uma fraude, uma ilusão, uma invenção da internet que dissemina e distorce práticas comuns para tomar holofotes desnecessários e, de certa forma, denegrir a imagem de uma determinada empresa (Sony, nesse caso).

O BJ se desculpa por quaisquer informações que eventualmente ficaram distorcidas ou mal-entendidas e se coloca à disposição para investigar o caso mais a fundo. Postaremos as novidades conforme surgirem. Como um veículo transparente, eis abaixo a notícia originalmente postada na íntegra.

[Notícia original]

Sabemos que o PlayStation 4 chegou aos Estados Unidos na metade do mês passado e no último final de semana ao mercado latino americano e europeu. Agora, o que pode parecer muito pouco tempo para nós, humanos convencionais munidos de um senso de ética avantajado, pode não ser relevante para seres intelectualmente privilegiados em termos de decifrar códigos de sistemas privados.

Acontece que o novíssimo console da Sony ainda nem teve tempo de ficar morno, e alguns hackers já anunciaram o lançamento de um Jailbrake para o sistema, o que permite que softwares não autorizados pela empresa sejam rodados (incluindo games piratas). Essa certamente ainda é a primeira versão do desbloqueio para o PlayStation 4, e o feito foi atribuído ao grupo chamado Heckz0r.

De acordo com o site poepra2, informações postadas no serviço de compartilhamento pastebin diretamente pelos marginais virtuais afirmam que o desbloqueio aconteceu de forma tão rápida, pois o sistema operacional ORBIS OS (que é usado no PS4) é altamente inspirado no conhecido FreeBSD — que é open source. Por essa razão, a arquitetura do console da Sony não só facilitou o trabalho dos desenvolvedores, como também o trabalho dos piratas dos computadores.

É muito complicado fazer isso?

Vale mostrar, apenas a título de curiosidade para quem se pergunta como que esse desbloqueio funciona no PlayStation 4, que a sequência de comandos a serem feitos é bem simples. Confira um pouco do tutorial liberado pelos hackers:

  • É necessário ter instalado o DAY ONE patch do console, caso contrário o exploit não funcionará.
  • Crie uma Pasta no seu Pen Drive, onde você colocará o Exploit
  • Crier uma pasta chamada “SANDERPS4″. Dentro desta pasta, crie outra pasta chamada “EXP”.
  • Extraia o arquivo PSORBISEXP.PUP do pacote, e salve na pasta “EXP”.
  • Certifique-se que seu console está desligado.
  • Conecte seu Pen Drive ao video game, pressione o botão de ligar por pelo menos 7 segundos. O Console entrará em “safe mode”.
  • Selecione “Update System Software” (Atualizar software de sistema)
  • Siga as instruções na tela e instale o Jailbreak
  • Se seu console não reconhecer o arquivo de Jailbreak, certifique-se que as pastas e os nomes dos arquivos estão corretos.

Mas, como nem tudo são flores para aqueles que escolhem os atalhos no caminho, é imprescindível lembrar que, caso o console fique online uma vez que seja, ele será banido para sempre. E, como de costume, vale a pensa frisar que o TecMundo Games e toda a sua equipe são terminantemente contra o uso de pirataria ou de softwares ilegais. Portanto, torcemos para que a Sony tome ciência desse fato o mais rápido possível.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.