Voxel
01
Compartilhamento

Baixas vendas do remake de Resident Evil fizeram RE4 se tornar jogo de ação

Último Vídeo

Img_normal

Quando Resident Evil 4 foi lançado, muitos fãs ficaram chocados com a clara mudança no gameplay e estilo adotado no novo game, que era diferente da forma como os capítulos anteriores se portavam. Agora, o criador da série revelou que a mudança brusca foi tomada por causa das baixas vendas do remake do primeiro título da franquia.

Em entrevista ao site IGN, Shinji Mikami revelou que as baixas vendas de Resident Evil Remake, lançado exclusivamente para o Nintendo Gamecube, fizeram com que a Capcom e os desenvolvedores optassem por um caminho mais cheio de ação para a franquia. Mikami revela que o remake é um dos seus jogos favoritos, mas que entende o fato de o público não estar disposto, naquele momento, para jogar algo no estilo dos primeiros games.

Mikami comenta que as mudanças feitas em Resident Evil 4 tinham como objetivo revitalizar a franquia, assim como criar um caminho mais claro para o sucesso. Por isso, o game foi mais focado na sua jogabilidade e ação, deixando o terror dos capítulos anteriores um pouco de lado. Caso o remake de Resident Evil tivesse conseguido ser mais bem sucedido, RE4 poderia ter mais terror.

Mesmo assim, Shinji Mikami acredita que Resident Evil 4 é um projeto especial, responsável por redefinir o gênero survival horror.

E aí, vocês gostariam que Resident Evil 4 tivesse mais terror ou a mudança de foco para a ação ficou melhor?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.