Baixo desempenho de Resurrection torna pouco provável um novo Darkstalkers

Baixo desempenho de Resurrection torna pouco provável um novo Darkstalkers

Último Vídeo

Yoshinori Ono tem insinuado uma continuação para a série Darkstalkers há vários anos — notadamente, na tentativa de conseguir algum apoio para o projeto. Entretanto, a julgar pelas declarações recentes do produtor, as chances de um Darkstalkers 4 se tornam cada vez mais rarefeitas.

Apesar de reforçar várias vezes que “adoraria fazer um novo Darkstalkers mais do que qualquer outra coisa”, Ono admitiu em entrevista recente à Famitsu que o baixo desempenho de Darkstalkers Resurrection garantiu que uma sequência ainda deve demorar um bocado para aparecer. “Nós não vamos lançar um noto título da série Darkstalkers tão cedo”, disse o produtor.

Ele continua: “Nós não conseguimos atingir as nossas metas de vendas para Darkstalkers Resurrection”. Ao ser novamente questionado sobre uma continuação, Ono brincou dizendo que seria possível caso a entrevistadora estivesse disposta a adquirir 4 milhões de cópias do game.

“Foi uma decepção para nós”

Em certa ocasião, o vice-presidente sênior da Capcom dos EUA, Christian Svensson, afirmou que estava decepcionado com a recepção do público, dada a envergadura do projeto e os pedidos insistentes por parte dos fãs. “[Darkstalkers Resurrection] foi o melhor e mais completo projeto desse tipo que nós já fizemos”, disse o executivo.

Desenvolvido pela Iron Galaxy Studios, Darkstalkers Resurrection foi lançado para PlayStation 3 e para Xbox 360 em março de 2013. O game é uma compilação reunindo Night Warriors: Darkstalkers’ Revenge e Darkstalkers 3. Em nossa análise, nós dissemos que "entre altos e baixos, Darkstalkers Resurrection vale a pena para quem já teve um contato com algum outro jogo da franquia. Aos demais jogadores, fica o convite para conhecer uma série que ajudou a construir os jogos de luta da maneira que eles são hoje."

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.