Voxel

Batman Arkham City: adaptar os vilões é um dos grandes desafios da Rocksteady

Último Vídeo

Img_normal

Batman: Arkham City deve trazer, assim como seu antecessor, uma experiência intimista e psicológica. Naturalmente, uma orientação assim implica certas dificuldades para uma equipe de desenvolvimento. Entre elas, o desenvolvimento apropriado dos chefes do jogo, conforme atestou recentemente a Rocksteady.

De fato, encontrar a fórmula mais adequada para retratar os vilões clássicos do Homem-Morcego tem tomado todo o tempo da desenvolvedora. “É algo que os jogos normalmente tem dificuldade em conseguir, já que um grande personagem, como Pinguim, Coringa ou Charada é normalmente tratado como um chefão”, afirmou Dax Ginns em entrevista ao site Gamasutra.com.

Img_normalComo um exemplo, Ginns menciona o desafio de recriar o Charada de acordo com a atmosfera do game. “Você não pode simplesmente encontrar um chefe e derrubá-lo com um único soco, embora Batman certamente pudesse derrubar o Charada com apenas um golpe, derrubando-o”. Dessa forma, a fim de ressaltar uma experiência “intimista” e “conectada”, a Rocksteady deve utilizar artifícios capazes de desembocar em uma jogabilidade diferenciada.

No caso do Charada, isso implica em encontros indiretos, com a imagem do vilão irritantemente sendo projetada através do cenário, assombrando o herói. “Eu acho que a solução é exatamente esse tipo de conexão emocional, do tipo que fará com que você não veja a hora de colocar as mãos na garganta do inimigo”, afirmou Ginns.

Ginns continua: “Eles são humanos. São mortais. Batman é um sujeito mortal, embora seja durão, de forma que nós temos que nos assegurar de que o Charada não se tornará subitamente super-humano simplesmente porque isso faz sentido para a jogabilidade”. Em outras palavras, Riddler é um sujeito esperto, de forma que a batalha entre amos deve ocorrer em um “nível intelectual”.

Img_normal

De fato, a mesma leitura deve ser aplicada para todos os vilões do jogo. “A possibilidade de interpretação utilizada para o Charada abre portas para novas oportunidades de jogabilidade para nós, e todos os personagens do jogo terão que se sujeitar a esses critérios para que sejam incluídos”, concluiu Ginns.

Divulgado novo vídeo com a jogabilidade de Arkham City

Bem, mas como a coisa toda será colocada para funcionar? Embora algumas dúvida ainda permaneçam no ar, a Warner Bros. resolveu iluminar um pouco mais a experiência de Arkham City publicando um novo vídeo. Na sequência, trechos de jogabilidade alternados entre Batman e Mulher-Gato — esta última encarando o Duas-Caras. Confira abaixo:

Batman: Arkham City deve dar as caras no dia 21 de outubro, com lançamentos previstos para PS3, Xbox 360 e PC.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.