Voxel

Battlefield 3 é banido no Irã

Último Vídeo

Battlefield 3 foi um dos maiores lançamentos do ano. O FPS da DICE movimentou mais de 5 milhões de cópias já no primeiro dia de vendas, mas o número poderia ser maior caso o título não tivesse sido banido no Irã. Mesmo sem representação oficial no país, os jogos da Electronic Arts (publicadora de Battlefield) são amplamente comercializados na região, porém, o governo iraniano proibiu qualquer forma de venda da última edição da série Battlefield.

Aparentemente, a ação é uma resposta ao pedido de grupos de jovens iranianos que coletaram mais de cinco mil assinaturas em petições de protesto contra Battlefield 3. O motivo seria a promoção da violência, especialmente por conta das representações de cenários reais como o da capital do país, Teerã.

Na petição o grupo reconhece o fato de que se trata de uma obra ficcional, todavia, explicam tal representação inflamariam ainda mais as já voláteis relações entre Estados Unidos e Irã. Em resposta à Gamespot, a Electronic Arts explicou que o jogo nunca foi oficialmente distribuído no país e que todas as cópias comercializadas no Irã eram piratas, portanto, a empresa vê o banimento como algo positivo, que pode diminuir a pirataria na região.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.