Battlefield Hardline: Visceral fala do Beta, do atraso e do retorno dos fãs

Battlefield Hardline: Visceral fala do Beta, do atraso e do retorno dos fãs

Último Vídeo

Battlefield Hardline não é apenas o próximo game da franquia, mas também um game que muda a ambientação e fórmula de Battlefield, conhecido por ser um jogo de guerra. A desenvolvedora por trás do game é a Visceral Games e, em entrevista ao VG 24/7, o Gerente Geral do estúdio Steve Papoutsis falou de assuntos como o Beta, o adiamento para 2015 e o que os fãs têm achado até agora disso.

Ao ser questionado sobre por que o jogo foi adiado após o Beta, ele disse que fizeram o teste para saber como seriam as reações dos fãs. Após receber muitas respostas de feedback, eles perceberam que havia muito trabalho a ser feito. Em outras palavras, o lançamento ser empurrado para 2015 foi fruto do retorno dado pelos fãs.

Papoutsis disse que haverá mudanças significativas do Beta para a versão final. Entre elas está a diferenciação de armas entre as facções — há armas que você só pega se for criminoso e vice versa. O jogo também trará mais explosivos e armas de grande porte capazes de destruir veículos. Segundo o Gerente Geral, o balanceamento sofreu mudanças desde o Beta, sendo muitos aspectos mudados pela respostas dos fãs. Tudo a fim de tornar o jogo mais realista.

O que muda?

Em comparação aos Battlefields anteriores, ele disse que algumas mudanças mais sutis como recuo das armas só serão notadas pelos grandes fãs da franquia. Mas também estão disponíveis outras mudanças mais explícitas, como a possibilidade de ter acesso à cura apenas usando o botão de ação em alguém que tenha um kit de primeiros-socorros, sem precisar chamar um médico pelo microfone.

Battlefield Hardline teve o Beta disponibilizado logo após seu anúncio. Papoutsis disse acreditar que a forma de jogar evoluiu, logo é bom deixar com que as pessoas joguem quando o game é anunciado. Ele conta que várias pessoas da empresa acharam que eles eram malucos em fazer algo assim e que havia o receio de o jogo sofrer um crash, mas que foi uma experiência que, mesmo sendo motivo de nervosismo, foi muito animadora.

Uma possível subfranquia

Tentando evitar que algumas pessoas se desanimem com o game por não terem gostado do Beta, Papoutsis comenta que mostrará as grandes mudanças feitas no game em eventos como EGX. Ele acredita que isso possa motivar muita gente a se interessar novamente por Hardline.

Sua esperança, e de toda a equipe da Visceral, é estabelecer o game como mais do que um spin-off isolado, mas de ter o sucesso suficiente para fazer de Hardline uma subfranquia da série. A estratégia que eles estão usando é ganhar a confiança dos fãs e deixar eles tomarem as decisões.

Battlefield Hardline é o primeiro jogo da série de tiro em primeira pessoa a mudar o cenário de guerras militares para uma ambientação de luta contra o crime. O lançamento do game acontecerá em algum momento de 2015, com versões para PC, PS4, PS3, Xbox One e Xbox 360.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.