Bethesda explica: afinal, por que Prey 2 foi cancelado?

Bethesda explica: afinal, por que Prey 2 foi cancelado?

Último Vídeo

Quando o jogo Prey foi anunciado na E3 2016, com direito a um ótimo trailer, muitos jogadores foram apresentados à franquia pela primeira vez. Porém, vários outros ficaram com uma dúvida na cabeça: o que será que aconteceu com a sequência do primeiro título da série, também chamado de Prey, desenvolvido pela Human Head Studios e lançado em 2006? Rumores existiram por anos, mas o projeto nunca foi oficialmente confirmado e foi descartado de vez agora que o "reboot" vai sair.

Em entrevista durante a QuakeCon na última semana, o vice-presidente da Bethesda, Pete Hines, foi bem franco e direto a respeito do que aconteceu. "Olha, honestamente, não é assim tão complicado. Ele chegou em um ponto em que não estava se moldado como queríamos e parecia não haver um caminho claro para seguir onde pensávamos que deveria ir. Decidimos que a coisa certa seria simplesmente não prpsseguir. É só isso", afirmou.

Em outras palavras, a Bethesda não estava satisfeita com o que a Human Head Studios estava fazendo — tanto que eles "romperam" após Prey 2 — cujo site até ainda está no ar — e o reboot foi para as mãos da Arkane Studios. "Eu quero que aqueles caras tenham sucesso e não fiquem trazendo aquilo de volta. Jogos são cancelados. Acontece. Casamentos vão mal. Acontece", explicou, com um certo ressentimento do relacionamento.

O site de Prey 2 até ainda está no ar, mesmo com o projeto morto e enterrado há anos.

O primeiro Prey tinha uma história bem diferente do atual. Ele ainda era de tiro em primeira pessoa, mas você controlava um indígena que precisava salvar a tribo — e o mundo — de uma invasão alienígena. Como grande diferencial da jogabilidade, o protagonista Tommy era dotado de alguns poderes místicos, além de tomar posse de armas e equipamentos dos ETs.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.