Voxel

Beyond: Two Souls não terá uma tela de game over

Último Vídeo

Img_normal

David Cage pretende revolucionar a maneira de contar histórias em um jogo de video game e, com Beyond: Two Souls, ele parece estar chegando perto disso. Um exemplo disso foi revelado recentemente por ele, durante a Gamescom: o jogo não terá uma tela de game over ou sequer voltará para o último checkpoint se a personagem principal morrer.

De acordo com Cage, ele sente que a tela de “game over” é uma forma de falha do desenvolvedor, ainda mais que do jogador. “É como criar um ciclo artificial que diz “ Você não jogou como eu queria que você jogasse, então, vou puni-lo e fazer você voltar até fazer o que planejei”.

O produtor diz entender tudo isso em um jogo de ação, mas em um título mais focado na história, não faz muito sentido.

Então, como as coisas vão funcionar em Beyond: Two Souls? Em vez de ter apenas uma forma de terminar uma parte do jogo, você terá um cenário em que pode falhar e, mesmo assim, prosseguir dentro dos acontecimentos da sua falha. E isso pode acontecer quando Jodi, a personagem da atriz Ellen Page, morrer.

“Beyond: Two Souls é um jogo sobre a morte, então, como você deve imaginar, ela tem um papel em tudo isso. Na verdade, uma das grandes descobertas, um grande mistério do jogo, é descobrir o que existe do outro lado. Definitivamente, não será uma tela preta”, disse Cage.

O jeito é aguardar para saber o que exatamente David Cage e a Quantic Dream estão preparando para nós. Beyond: Two Souls será lançado no dia 08 de outubro, exclusivamente para o PlayStation 3.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.