BGS: 2017 Frostpunk é uma luta constante contra frio, fome e desespero
72
Compartilhamentos

BGS: 2017 Frostpunk é uma luta constante contra frio, fome e desespero

Último Vídeo

Disponível no espaço ocupado pela 11 Bit Studios na BGS 2017, Frostpunk pode parecer um simples gerenciador de cidades a uma primeira vista. Com uma câmera aérea que lembra Sim City, o game exige que você gerencie uma série de recursos para manter sua população viva em um mundo gelado onde o calor é algo raro.

No entanto, o que diferencia o título de outros gerenciadores semelhantes disponíveis para computadores são as implicações políticas e, principalmente, éticas, que influenciam na maneira como sua jogatina decorre. O começo é simples e sem grandes segredos: para sobreviver, é preciso ligar uma fornalha com o carvão disponível ao redor.

Contudo, o calor não é o suficiente para garantir a felicidade de seu povo, que também precisa de comida. E claro, para tudo isso são necessários trabalhadores  que podem ser crianças, se você assim desejar (o que gera protestos de sua população). Por outro lado, abolir o trabalho infantil faz com que essas crianças não tenham aonde ir, sendo preciso investir em estruturas que garantam um lugar para elas se divertirem.

Essa é somente uma das primeiras opções que o game oferece, em um sistema no qual decisões vão conflitar rapidamente com o seu planejamento. Você prefere deixar que as pessoas honrem seus mortos (e não trabalhem durante o período) ou quer abolir isso para não interromper sua produção de carvão? Não há exatamente uma escolha certa, somente a garantia de que nenhuma delas é simples.

Não há exatamente uma escolha certa, somente a garantia de que nenhuma delas é simples

E, enquanto você decide a melhor maneira de tratar sua população, também é preciso lidar com a situação em si. Contando com uma quantidade limitada de trabalhadores, é preciso coletar recursos como aço, madeira e carvão para fazer com que suas estruturas continuem funcionando corretamente.

Nesse sentido, Frostpunk é mais desafiador do que outros títulos de gerenciamento de sociedade. Dificilmente você vai se ver em uma situação na qual há a abundância de recursos, o que força o jogador a mudar constantemente o foco de sua atenção e saber redirecionar trabalhadores para áreas mais importantes diante de uma mudança de contexto.

Algo a dizer

As implicações morais presentes no título não são exatamente uma novidade para quem acompanha o trabalho da 11 Bit Studios. Frostpunk é desenvolvido pela mesma equipe de This War of Mine, game independente que mostrava o lado horrível da guerra e a maneira como ela força humanos a abandonar seus preceitos morais.

Frostpunk

A demonstração disponível durante a BGS 2017 mostra que o estúdio continua disposto não somente a criar um game bom de jogar, mas também em oferecer uma experiência que transmita uma mensagem. Aqui é preciso ter não somente uma boa capacidade de alocar recursos e priorizar projetos, como em Sim City, mas também a consciência de que não há como deixar todos felizes.

Frostpunk atualmente está programado para chegar somente aos PCs em uma data ainda não anunciada por seus desenvolvedores. No entanto, pelo que pude testar na BGS 2017, recomendaria que você seguisse a dica deixada por eles e adicionasse o game à sua lista de desejos no Steam para acompanhar de perto as novidades que ele deve receber em um futuro próximo.

...

O Pontofrio e as Casas Bahia estão com uma promoção exclusiva para a BGS:

Pontofrio - http://bit.ly/2yaF8iJ (CUPOM: BGS15)

Casas Bahia - http://bit.ly/2xxBVKp (CUPOM: CBBGS)

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.