TCG jogou: aceleramos (e derrapamos) nas pistas de Project CARS

TCG jogou: aceleramos (e derrapamos) nas pistas de Project CARS

Último Vídeo

Em meio a tantos televisores, um chamava a atenção de muitos que estavam presentes em um evento realizado na última segunda-feira (11), em São Paulo. Além da imagem bem trabalhada, o ronco dos motores soava como música para os ouvidos dos fãs de jogos de corrida. Sim, estávamos diante de Project CARS

Rodando em um PlayStation 4, o jogo deu uma prova daquilo que teremos a oportunidade de conferir melhor em novembro, quando ele chegará às lojas. E, desde já, podemos antecipar: sabe tudo aquilo que a produtora Slightly Mad Studios prometeu? Ela vai entregar – e com direito a alguns extras.

Acelerando por aí 

A primeira coisa que chamou a atenção já nos primeiros minutos de corrida em Project CARS foi o visual. O nível de detalhes realmente surpreende, e isso é perceptível tanto nos carros quanto nos elementos que compõem o cenário. 

Para aproveitar cada uma das nuances, você vai contar com várias opções de câmera. Entre as disponíveis estão uma que mostra o interior do carro, uma que permite acompanhar o trajeto vendo o exterior do bólido e até mesmo uma que mostra a visão do piloto por dentro do capacete enquanto queima o asfalto. 

Infelizmente tivemos a oportunidade de jogar com apenas um carro e em uma pista, mas já foi o bastante para ter uma ideia daquilo que está por vir. E saiba desde já: Project CARS vai privilegiar aqueles que apostam num ritmo de jogo mais pensado e cauteloso.

Derrapando nas curvas 

Antes de tudo, calma: o título que você confere acima não está relacionado a algum tipo de falha do jogo, pois ele está ali apenas para ressaltar que a produtora decidiu seguir por um caminho que privilegia aqueles que dirigem de uma forma mais próxima do que aconteceria na vida real (ou seja, nada de acelerar e achar que frear em cima da curva vai garatnir uma manobra perfeita, pois é exatamente o contrário). 

Após se acostumar aos controles, a experiência de pilotar em Project CARS se torna bem prazerosa. Os oponentes estarão prontos para oferecer um pouco de desafio (outras pessoas com mais habilidade testaram o game antes de chegar a minha vez, e ninguém ficou entre as cinco primeiras posições), e há até uma opção que permite acompanhar, em tempo real, como os componentes do carro estão se comportando durante a prova (rotações do motor, uso do freio e outros recursos). 

Complementando a experiência, a versão para PlayStation 4 apresenta algumas opções associadas ao DualShock 4, como a possibilidade de usar a tela de toque para voltar à pista caso perceba que as coisas vão fugir do controle e o fato de receber mensagens da equipe pelo alto-falante do controle. 

Após a minha segunda tentativa (que me rendeu uma colocação melhor que a vista na primeira), fiquei com a impressão de que Project CARS vai, sem dúvidas, conquistar um espaço na prateleira dos fãs de jogos de corrida. Basta esperar um pouco mais para tirar as suas próprias conclusões.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.