TCG jogou: nova demo de Dying Light tem foco em elementos inéditos e zumbis
05
Compartilhamentos

TCG jogou: nova demo de Dying Light tem foco em elementos inéditos e zumbis

Último Vídeo

Durante a BGS 2013, tivemos a oportunidade de conferir uma demonstração de Dying Light (caso não tenha visto, confira as impressões aqui). Agora, durante a XMA – 2nd Round, o jogo está disponível em uma nova versão no estande da NVIDIA – e, evidentemente, aproveitamos a oportunidade para ver o que mudou de lá para cá. 

E, de cara, podemos antecipar: há algumas mudanças bem perceptíveis. A primeira delas é que agora a eliminação de zumbis conta com alguns recursos mais visuais, como um sistema de raio-X que exibe exatamente onde o personagem acertou uma pancada mais forte. Esse efeito acompanha o golpe em câmera lenta, além de mostrar uma parte do corpo do inimigo voando. 

Por falar em adversários, trombamos em um novo tipo de inimigo em nossas andanças. Conhecido como Viral, ele tem como característica principal seguir sons e atrair outros zumbis para perto de si ao emitir vários gritos. Esse oponente também precisa de várias pancadas para cair, oferecendo um pouco mais de desafio para os aventureiros. 

Há ainda um tipo de criatura que explode algum tempo após fazer contato visual com o protagonista, além de mortos-vivos que rastejam e tentam agarrar o pé do personagem e outros que possuem armas nas mãos e são capazes de causar um pouco de dor de cabeça para os mais desavisados (e, cá entre nós, você também não vai querer ser atingido enquanto estiver correndo).

Mais recursos para sobreviver 

A demonstração em questão trazia uma missão que envolvia limpar e proteger uma área um pouco afastada da base na qual o protagonista estava. O caminho não era muito longo, mas trazia uma série de inimigos em várias de suas seções e a possibilidade de utilizar algumas armadilhas para atrair a atenção dos comedores de cérebro, como alarmes de carro. 

O leque de armas do protagonista também era maior agora: dessa vez, tínhamos à disposição um taco de beisebol com espinhos, um machado capaz de eletrocutar o oponente, uma faca com um lança-chamas acoplado, pistola, soco, chute, facas arremessáveis e granadas para atrair a atenção dos oponentes na direção em que ela explode. 

Curiosamente, também notamos que não havia uma barra de resistência. Talvez ela tenha ficado de fora por conta do limite de tempo da demonstração (sete minutos para avançar o máximo possível), mas o fato é que dessa vez protagonista estava livre para correr, saltar por cima dos zumbis e escorregar na tentativa de realizar uma espécie de rasteira e derrubá-los. 

Do que pudemos conferir, o tempo extra realmente trouxe algumas novidades para o jogo. Agora, resta saber o que mais ele reserva para quando pudermos colocar as mãos nele em 27 de janeiro de 2015 – lembrando que o game está em desenvolvimento para PC, PlayStation 4, PlayStation 3, Xbox One e Xbox 360.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.