Blizzard não deixa negatividade dos fãs influenciar suas histórias
37
Compartilhamentos

Blizzard não deixa negatividade dos fãs influenciar suas histórias

Último Vídeo

Histórias sempre criam sentimentos dos mais diversos entre os fãs, principalmente naquelas tramas longas e que as pessoas acompanham por muito tempo. E esse é exatamente um dos casos com World of Warcraft, já que o desenvolvimento do MMORPG da Blizzard chega a quase 15 anos e sete expansões cheias de novas narrativas a serem saboreadas pelos jogadores. E, em uma palestra recente, o diretor de histórias e franquias da Blizzard, George Krstic, comentou como não deixa que a negatividade dos fãs interfira no objetivo final da sua equipe: deixar os jogadores felizes.

"Especificamente com World of Warcraft, nosso diretor criativo Alex [Afrasiabi] disse uma coisa fantástica", comentou ele na palestra registrada posteriormente pelo site 24/7. "Ele falou que nossas salas de histórias são como dojos. Como locais sagrados. E nós tentamos contar uma história da melhor forma para deixar nossos jogadores os mais felizes que pudermos. Mas nós tentamos não deixar que a negatividade entre nesse dojo", complementa.

Para isso, eles precisam "esvaziar a mente" e focar no bom trabalho, sempre aproveitando o lado bom dos comentários dos fãs. "Nós ouvimos nossos jogadores e fãs? Absolutamente. Mas nós tentamos fazer com que isso não nos distraia do nosso objetivo final de uma expansão ou de uma atualização. Nós estamos escutando. Mas algumas vozes podem ser bem barulhentas por aí", citou Krstic.

O representante também lembra como as salas de discussão sobre o enredo são recheadas de pessoas com pontos de vista diferentes e que nem sempre o processo acontece com uma só voz ou com uma só pessoa. E isso inclui também a diversidade de jogadores e fãs. "Creio que isso nos mantém atentos mas torna a história muito melhor. Estamos falando com audiências globais e é empolgante demais ver mais jogadoras femininas, mais vozes e pontos de vista, e todos jogando os nossos jogos e também fazendo os nossos jogos", conclui.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários