Voxel

Bohemia Interactive fala sobre pirataria em ArmA

Último Vídeo

Img_normalBohemia Interactive, desenvolvedora de ArmA, revelou que para cada três cópias legais do jogo existem outras 100 pirateadas. Apesar de utilizar um novo sistema de DRM — gestão de direitos autorais — a empresa afirma que a pirataria afeta significativamente o jogo.

Marek Španel, diretor executivo da Bohemia Interactive, revelou que as estatísticas da empresa confirmam que nas partidas multiplayer, para cada três jogadores legítimos, 100 conexões piratas são barradas. Os números preocupam a companhia, cujo porte não é grande o suficiente para sustentar tamanho prejuízo.

Bohemia Interactive utiliza o sistema DEGARDE (também conhecido como FADE), um DRM que introduz bugs nas cópias piras, “degenerando” o jogo gradativamente. A ideia é provar que os jogos piratas não valem a pena e que os títulos originais se mantêm “puros”.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.