Caixas de loot resultam em investigação criminal contra a EA na Bélgica
17
Compartilhamentos

Caixas de loot resultam em investigação criminal contra a EA na Bélgica

Último Vídeo

O governo da Bélgica iniciou uma investigação criminal contra a Eletronic Arts após indícios de que a empresa não vai cumprir as leis do país que determinam que caixas de loot constituem jogatina ilegal — e, portanto, devem ser eliminadas. A decisão surgiu após a publicadora se recusar a mudar os esquemas de cartas aleatórias do modo Ultimate Team de FIFA 18 nas unidades comercializadas no país.

FIFA 19

Em abril deste ano, a Comissão de Games do país decidiu que jogos como FIFA 18, Overwatch e Counter-Strike: Global Offensive eram “jogos de azar ilegais” e deveriam mudar suas mecânicas para continuar podendo ser vendidos. Enquanto a Valve e a Blizzard decidiram seguir a nova lei, a Electronic Arts não fez qualquer mudança em seu game esportivo para seguir as determinações.

Na época, a empresa afirmou que os sistemas foram “desenvolvidos e implementados eticamente” e condiziam com a lei ao redor do mundo, não podendo ser considerado uma forma de jogatina ilegal. Segundo a empresa, o modo Ultimate Team de FIFA 18 sempre concede um número específicos de itens em cada pacote e não oferece qualquer forma de comprá-los diretamente ou trocá-los por dinheiro real de forma direta.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários