Call of Duty: MW desbanca Black Ops 4 e assume liderança nas vendas

Call of Duty: MW desbanca Black Ops 4 e assume liderança nas vendas

Último Vídeo

Lançado na semana passada, Call of Duty: Modern Warfare superou a estreia do antecessor, Black Ops 4, antes mesmo de completar uma semana de apresentado ao público.  Vendendo 39% a mais de cópias físicas que o anterior, o Modern Warfare também assumiu a liderança de vendas no Reino Unido, ultrapassando o FIFA 20. Segundo divulgado pelo GamesIndustry, 62% da vendas foram para Playstation 4, comprovando o investimento que a Sony vem fazendo no público britânico. Já no Xbox One, as compras giraram em 38% das compras. 

A Activision considera o jogo um sucesso, apesar de não ter tido desempenho semelhante a estreia de Call of Duty: WWII. O jogo de tiro, gira em torno de táticas e avaliação no final de cada nível, e há a tentativa de salvar os civis em meio a uma guerra. A pontuação é dada a partir do número de inocentes e vilões mortos. A estratégia demanda atenção para o uso das armas.

Jogo Call of Duty: Modern Warfare (Fonte: Activision/Reprodução)
Jogo Call of Duty: Modern Warfare. (Fonte: Activision/Reprodução)

Enredo envolvido em polêmica

Segundo os produtores, a Infinity Ward e Activision, o enredo de Call of Duty: Modern Warfare narraria a crueldade da guerra, utilizando como fonte eventos reais. No entanto, determinado momento da história no jogo causou incômodo ao público: a alusão da "Autoestrada da Morte", evento no Kuwait onde mais de 300 soldados morreram, foi atribuída aos russos, apesar da autoria ter sido dos Estados Unidos. O ataque cometido pelos EUA na Guerra do Golfo foi modificado no jogo, utilizando como argumento uma cena onde soldados russos atacam os civis, para atribuir a culpa à Rússia. 

A polêmica causou vários comentários de jogadores pela internet. Inclusive, na semana passada, a Activision Rússia confirmou em nota que não lançaria o Modern Warfare em sua loja digital, por acreditar que o jogo apresenta histórias moralmente complexas “onde não existem nem branco nem preto, ou puramente mau ou puramente bom”. 

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários