Voxel

Capcom: crescimento nos jogos sociais e para celulares não evitaram prejuízos

Último Vídeo


Ao divulgar os resultados para o trimestre que terminou no dia 30 de setembro, a Capcom revelou uma diminuição de 49% nos seus lucros em relação ao mesmo período do ano passado — além de um rendimento total 28,1% menor. De acordo com a companhia, o declínio se deve a vários fatores, incluindo o fortalecimento do iene, a crise na zona do euro, os problemas estruturais da própria indústria de jogos e a falta de lançamentos.

Apesar disso, os setores relacionados aos jogos sociais e à telefonia móvel da softhouse apresentaram crescimento digno de nota, com um aumento de 89% em relação ao ano passado — totalizando ¥2,58 bilhões (aproximadamente R$ 55 milhões). Segundo a companhia, o grande pivô da alavancada foi The Smurfs' Village, que serviu como “a força motriz para a melhoria dos resultados financeiros da Capcom”, e que também contribuiu “grandemente para melhorar a capacidade de lucros”.

Img_normalA Capcom também revelou desempenhos sólidos para Resident Evil: The Mercenaries 3D e Monster Hunter Portable 3rd. Além disso, Super Street Fighter IV: Arcade Edition e Sengoku Basara: Chronicles Heroes atingiram as expectativas de vendas que haviam sido projetadas.

Já a divisão Consumer Online Games apresentou um declínio de 41,1% em relação ao mesmo período do ano passado, fechando em ¥18.1 billion (cerca de R$ 40 milhões), com uma diminuição dos lucros de 50,3%, totalizando ¥2.25 bilhões (aproximadamente R$ 50 milhões). Apesar das perdas, e empresa revelou que tanto a receita quanto os lucros para a divisão excederam as projeções iniciais da Capcom.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.