Capcom promove rodada de demissões em estúdio de Vancouver
138
Compartilhamentos

Capcom promove rodada de demissões em estúdio de Vancouver

Último Vídeo

As vendas abaixo do esperado de Dead Rising 4 já provocaram efeitos indesejados no estúdio da Capcom em Vancouver. Segundo a Kotaku, a empresa decidiu reduzir o escopo do próximo game da série, cancelar um projeto ainda não anunciado e demitir aproximadamente 50 funcionários como parte da reorganização da desenvolvedora.

Segundo informações divulgadas pelo Kotaku, a decisão tem o objetivo de facilitar processos e fazer com que o desenvolvimento do novo Dead Rising ganhasse ritmo. Aparentemente, não somente o projeto para o novo jogo estava com um escopo maior do que o ideal, como havia um número abaixo do que o necessário de funcionários trabalhando nele.

Dead Rising 4

Quanto ao título cancelado, aparentemente ele se tratava de uma aventura em terceira pessoa que se passava em uma versão alternativa de Nova York. Relatos indicam que o game ainda estava em fase de protótipo e não havia sido aprovado pela Capcom, o que significa que o trabalho perdido não foi substancial.

Além de trabalhar com a série Dead Rising desde seu segundo capítulo, a Capcom Vancouver é a responsável pelo desenvolvimento de Puzzle Fighter, game mobile lançado em 2017. A Capcom ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, que ainda está sendo divulgado no momento de forma informal entre os funcionários demitidos e aqueles que ainda permanecem na empresa.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.