Causando por aí: jogador lutará contra ditador em Just Cause 3

Causando por aí: jogador lutará contra ditador em Just Cause 3

Último Vídeo

Após a revelação de que Just Cause 3 realmente estava em desenvolvimento, diversas notícias surgiram aqui e ali. Já sabemos, por exemplo, que o game vai ter um mapa colossal e que abrirá mão da modalidade multiplayer, e agora é a vez da revista Game Informer compartilhar um pouco mais daquilo que estará no título. 

De acordo com a revista, dessa vez o protagonista Rico Rodriguez vai entrar em ação em seu país de origem, uma ilha fictícia do Mediterrâneo chamada Medici. Por lá, sua missão será encarar General Di Ravello, ditador que está fazendo os habitantes do local viverem em um regime totalmente opressivo. 

O game se passa vários anos após Just Cause 2, então espere por um protagonista um pouco mais velho. Entretanto, sua sede por aventura parece não ter diminuído, já que ele continuará agarrando coisas por aí e realizando quedas livres – que agora serão mais rápidas graças a uma nova vestimenta, que alcança velocidades maiores quando ele está caindo.

No controle 

Também foi mencionado que, neste episódio, a Avalanche Studios investiu bastante tempo adaptando os controles para que eles ficassem melhores. Outra coisa informada é que vários membros do time de Burnout ofereceram auxílio à equipe de Just Cause 3 para garantir que guiar um veículo fosse uma experiência mais prazerosa neste episódio. 

Quanto ao mapa do jogo, ele será grande o bastante para permitir que o jogador realize várias loucuras ao lado de Rico – afinal, estamos falando de uma área com 1.035 km². Por conta disso, o time de desenvolvimento quer que todos sejam livres para explorar as três áreas do game desde o início em busca de bases, que o protagonista pode usar para viajar mais rápido após destruir estátuas, caixas de som e propagandas para limpar o ambiente. 

Aguardado para 2015, Just Cause 3 será lançado em versões para PlayStation 4, Xbox One e PC.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.