Voxel

CD Projekt RED: “Independência é uma parte crucial de nossa estratégia”

Último Vídeo

Parece que a CD Projekt RED, criadora da trilogia The Witcher e desenvolvedora atual do tão esperado Cyberpunk 2077, está caminhando na contramão dos princípios que regem os meandros da grande indústria dos jogos.

E isso – pelo menos para a comunidade gamer – de forma alguma é alarmante. “Precisamos de independência criativa e financeira”, disse Adam Badowski, um dos líderes do estúdio em entrevista ao portal GamesIndustry International.

“Acredito que a visão criativa deve ‘condicionar’ a política de negócios, e não o contrário. Isso é crucial para nós”, afirmou também o executivo. “Às vezes os negócios é que definem a política criativa da companhia, e isso é muito ruim para o estúdio”, complementou Badowski.

Fonte: Reprodução/GameIndustry International

Estariam não apenas os “chefes”, mas uma das grandes publicadoras se levantando contra o modelo atual do sistema de entretenimento eletrônico? A sugestão parece ousada demais, mas já há quem diga que “esse grande parque de diversões deixou os desenvolvedores em um verdadeiro ‘fio de navalha’”.  

De qualquer forma, fato é que, ainda nas palavras do studio head da CD Projekt RED, “independência é uma parte crucial de nossa estratégia”. Quando questionado sobre o grau de liberdade de criação da produtora, Badowski diz que “nós [estúdio] acreditamos em grandes projetos e em jogos de RPG. Essa é a nossa visão. Esse é o começo certo para qualquer jogo”.

PC, a plataforma líder? Por enquanto, talvez....

“Já sabemos muito sobre a próxima geração de plataformas que não podemos contar. Mas a nossa estratégia é maximizar a qualidade as particularidades de cada uma delas”, declarou Badowski. “O PC ‘permite mais no momento’, mas novas plataformas estão surgindo. Vai ser fácil, no futuro, integrar os componentes entre elas”, afirmou o executivo, sugerindo que o PC pode não ser a plataforma líder do futuro. 

Fonte: GamesIndustry International

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.