CD Projekt Red: “queremos criar jogos para pessoas realmente maduras”

CD Projekt Red: “queremos criar jogos para pessoas realmente maduras”

Último Vídeo

Contrariando a tendência seguida por empresas como Electronic Arts e Activision, o estúdio CD Projekt RED não tem a ambição de agradar a todos os públicos — e sabe muito bem a quem seus jogos se destinam. Esse posicionamento da empresa em relação a suas criações ficou claro em uma entrevista que o escritor de The Witcher 3: Wild Hunt, Jakub Szamalek, concedeu ao site PC Gamer.

“Queremos criar jogos para pessoas realmente maduras, esses não são games para todo mundo... Temos uma ambição particular que queremos alcançar. Os jogos que criamos têm uma história complexa que você tem que se esforçar um pouco para entender completamente, e acho que, ao evitarmos escolhas evidentemente boas ou ruins, conseguimos alcançar um público mais amplo que exige o mesmo tratamento que recebe de filmes e de livros”, explica Szamalek.

Segundo o escritor, o estúdio está trabalhando de forma a incluir uma pequena surpresa em cada uma das missões do título, de forma a manter o jogador intrigado e surpreso com o que acontece. “Claro, de vez em quando vamos fazer você suspeitar que há uma opção boa e uma ruim, mas há uma reviravolta que mostra que você estava errado. Eu não acho que abusamos disso, então não é como se estivéssemos testando o jogador toda vez que há uma escolha”, justifica.

Embora quem experimentou os dois primeiros capítulos da série (The Witcher 2, em especial) já tenha tido alguns relances dessa filosofia de design, o terceiro (e até o momento, último) capítulo da franquia promete elevar tudo o que foi visto anteriormente a um novo nível de qualidade. Infelizmente, teremos que esperar até ainda distante ano de 2015 para poder conferir o resultado do novo trabalho do Projekt CD RED.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.