CEO da Gearbox é criticado por compartilhar crueldade animal no Twitter

CEO da Gearbox é criticado por compartilhar crueldade animal no Twitter

Último Vídeo

Já tem um tempo que Randy Pitchford, o CEO da desenvolvedora Gearbox Software, tem chamado a atenção da mídia devido a múltiplas polêmicas, incluindo uma recente acusação de agressão contra o dublador do personagem Claptrap de Borderlands 2. Agora, Pitchford novamente se encontra em meio a controvérsia.

Em seu perfil no Twitter, o CEO decidiu compartilhar um vídeo de um gato sendo beliscado por um caranguejo em uma situação claramente armada pelas pessoas responsáveis pelo vídeo que começam a rir à visão do felino desesperado com a dor de sua pata presa à pinça do crustáceo. 

Um dos primeiros a notar o polêmico retweet foi o analista da industria de jogos eletrônicos do grupo NPD, Mat Piscatella, que comentou em seu Twitter: "Tendo que bloquear o Pitchford porque ele está postando vídeos contendo crueldade animal. Surreal."

A conta responsável pela postagem foi suspensa e, em resposta às críticas, Pitchford publicou um novo tweet, dizendo que apesar de não apoiar essa armação contra o animal, ele ficou curioso por causa da reação positiva das pessoas participando. Essa resposta, é claro, não agradou usuários que continuaram a criticar Pitchford, com respostas como "Há algo catastroficamente de errado com você, desative a sua conta. Para o seu próprio bem. Você está entrando em um caminho bem escuro" e "Isso é meio que coisa de serial killer."

O que você acha da ação do CEO? As pessoas estão sendo "sensíveis" ao criticá-lo por isso? Um ato esperado de alguém tão polêmico como Pitchford? Compartilhe sua opinião conosco nos comentários abaixo!

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários