Um chapéu de galinha pode abrir portas em MGS 5: The Phantom Pain

Um chapéu de galinha pode abrir portas em MGS 5: The Phantom Pain

Último Vídeo

Conforme já havia sido revelado, Metal Gear Solid 5: The Phantom Pain deve se apiedar dos jogadores menos “desenvolvidos”. Entretanto, sendo MGS, é claro que isso não poderia ocorrer de nenhuma forma remotamente sutil. Em vez disso, a facilidade extra em algumas fases deve vir apenas ao preço da infâmia de andar com um chapéu de galinha pelo cenário — conforme revelou oficialmente Hideo Kojima em um videocast recente da Konami.

Basicamente, caso você derrape muitas vezes em determinado setor — de forma que se torne óbvio para o jogo que você não passará a menos que treine por dezenas de horas ou ganhe um implante cibernético —, o jogo vai “gentilmente” oferecer a indumentária galinácea. Isso vai deixar o seu herói praticamente invisível aos olhos dos inimigos.

Ou será que eles simplesmente se recusam a acreditar em tamanho absurdo? Seja como for, talvez o mais curioso seja o fato de que não há qualquer penalidade por utilizar o... “Item”. Talvez a Konami tenha considerado a utilização do chapéu como uma punição suficiente.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain via colocá-lo novamente no controle de Big Boss, soldado também conhecido como Naked Snake e um velho herói de outros títulos da série. Após os acontecimentos de Metal Gear Solid: The Peace Walker, Snake se vê vítima de um ataque que o tira de circulação por anos. O game deve chegar às prateleiras em fevereiro, com lançamentos previstos para PC, PlayStation 4, PlayStation 3, Xbox One e Xbox 360.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.