Chefão do Xbox diz que cancelar Scalebound foi “melhor para os jogadores”

Chefão do Xbox diz que cancelar Scalebound foi “melhor para os jogadores”

Último Vídeo

Na última segunda-feira (9), diversos jogadores ficaram abalados com a confirmação de que Scalebound havia sido cancelado. Uma prova disso é que diversas mensagens lamentando o fato surgiram na rede, mas Phil Spencer, chefe da divisão Xbox na Microsoft, comentou que isso não é algo tão ruim para o público.

“Essa foi uma decisão difícil, mas nós acreditamos que esse é um resultado melhor para os jogadores de Xbox, apesar de ainda ser algo que desaponta. Estou confiante nos lançamentos de 2017 que são nossos focos”, comentou Spencer em uma mensagem publicada no Twitter.

Vale mencionar que a mensagem do chefão da Microsoft está de acordo com o que foi comunicado pela empresa na última segunda-feira. Na ocasião, foi mencionado que “após cuidadosa consideração, a Microsoft Studios chegou à decisão de encerrar a produção de Scalebound. Estamos trabalhando duro para entregar um line-up de jogos aos nossos fãs este ano, incluindo Halo Wars 2, Crackdown 3, State of Decay 2, Sea of Thieves e outras ótimas experiências”.

Ué, cadê? Sumiu

Ok, tivemos a notícia do cancelamento do jogo e isso já foi algo bem ruim, mas ainda há mais coisa relacionada ao assunto acontecendo. Curiosamente, a Microsoft está bloqueando o acesso a todos os vídeos do game disponíveis em seu canal no YouTube, resultando em mensagens de que o conteúdo é privado ou está indisponível e impedindo que o público geral tenha acesso a ele.

Curiosamente, até mesmo a página do game que existia no site oficial do Xbox não retorna nenhum resultado (apesar de ainda ser possível encontrá-la utilizando o Google), dando a entender que, infelizmente, a companhia de Bill Gates não quer deixar nenhum rastro de Scalebound para trás. Uma pena.

Scalebound estava em desenvolvimento para Xbox One e PC.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.