Voxel
29
Compartilhamentos

Chefe da Ready at Dawn: jogos usados só dão lucros para lojas

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/GameBlog
A questão do bloqueio de jogos usados no Xbox One foi um dos principais pontos criticados pelos consumidores. Por conta da preocupação com as vendas, a Microsoft reverteu sua política. Todavia, conforme a entrevista do GamesIndustry com Ru Weerasuriya, chefe da  Ready at Dawn, fica claro que os maiores interessados no bloqueio são os desenvolvedores.

O problema são as lojas

“Eu acho que o problema é que há lojas que estão levando todo mundo para um passeio. Infelizmente, elas não estão vivendo apenas nas custas dos desenvolvedores, mas também dos consumidores. Esses vão ver menos jogos saindo se os desenvolvedores não conseguirem lucro para fazer novos títulos,” lamentou Ru Weerasuriya.

“Eu acho que é algo que nós temos de refrear no lado da venda. Estamos colocando os consumidores em uma posição complicada e não deveríamos ter que fazer isso. Por que eles deveriam ter que lidar com um sistema falho? É para eles que fazemos isso,” continuou Weerasuriya.

O executivo ficou irritado com uma experiência recente que teve na GameStop, ocasião em que ele estava comprando um jogo novo e o vendedor tentou passar para ele uma cópia usada com um desconto de 5 dólares (baixando o preço de 60 para 55 dólares).

Devemos continuar com os jogos usados

“Eu não acho que deveríamos parar com os jogos usados, mas temos que fazer alguma coisa para pegar parte do lucro das lojas. Isso não vai penalizar os consumidores, pois eles vão continuar obtendo o que desejam. Mas eu não sei quem vai sair no prejuízo”, adiciona Weerasuriya justificando que, por ora, os verdadeiros prejudicados são os desenvolvedores.

Ele argumenta que o jogador gasta centenas de dólares no console e depois tem que comprar jogos que são comercializados com um preço-padrão de 60 dólares. Ninguém fica contente com isso, afinal, as pessoas querem opções de preços. É justamente isso que leva o jogador a optar por jogos usados.

Às vezes, você só quer se divertir, mas não quer pagar 60 dólares por um jogo que vale 15. A solução é o jogo usado. Contudo, há um grande problema quando algumas lojas estão sacaneando o consumidor com games usados vendidos por preços absurdos. Principalmente porque a loja não contribuiu no desenvolvimento do game.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.