China congela a aprovação de novas licenças para games
Seja o primeiro a compartilhar

China congela a aprovação de novas licenças para games

Último Vídeo

Um dos mercados mais promissores para os video games na atualidade, a China não está concedendo novas licenças para jogos há pelo menos quatro meses. Segundo a Bloomberg, uma mudança na área burocrática do país fez com que os processos de aprovação fossem congelados, o que impede que novos títulos sejam vendidos no mercado local.

WeGameWeGame, da Tencent

Segundo fontes que preferiram não se identificar, a decisão é fruto de mudanças na Televisão Nacional e na Administração de Rádio da China, entre outros departamentos. Além disso, o ministério da Cultura e Turismo também está sem liderança, e os burocratas que ainda permanecem trabalhando estão reticentes em tomar qualquer decisão que possa desagradar aos chefes do governo.

Congelamento deve resultar em mudanças

Com a notícia, a Tencent teve perdas de mais de US$ 150 bilhões — a empresa é conhecida por trazer propriedades da Blizzard, Activision, Capcom e Nexon à China, além de operar o serviço WeGame, grande competidor local para o Steam. A situação complica ainda mais o status dos video games no país, que por lá são vistos como fontes de vício e possíveis disseminadores de mensagens subversivas.

A Bloomberg afirma que o congelamento tem caráter temporário, mas ele pode resultar em algumas mudanças na maneira como licenças são concedidas. As autoridades locais estão especialmente preocupadas com as caixas de loot de alguns títulos, o que pode resultar na aplicação de regulações que forcem elas a trabalhar de maneira diferente — ou ser totalmente eliminadas — no país.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários