Voxel

China libera a venda de video games no país

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/ECNS

Na última sexta-feira, o governo da China fez um anúncio divulgando a remoção do banimento que proibia a venda de consoles de vídeo game no país inteiro (medida adotada em 2000 devido a preocupações de que jogos atrapalhariam o desenvolvimento cerebral das crianças). Contudo, há algumas restrições sobre as vendas que ainda não ficaram claras, nem foram totalmente anunciadas por enquanto.

Com a recente criação de uma zona de livre-comércio de 29 quilômetros quadrados, localizada nos subúrbios de Xangai, uma das limitações impostas pelo governo chinês é que as empresas interessadas devem estabelecer linhas de produção dos consoles nessa região, bem como lojas para vender os produtos. Apesar disso, antes de lançados no mercado chinês, cada console deve passar por aprovação pelo Ministério da Cultura da China.

Ainda não ficou claro quando as vendas deve começar, pois os legisladores do país ainda estão no processo de criação de rascunhos das leis que regem essa zona de livre-comércio. Embora já haja uma lista com os princípios dessa região, eles devem ser implementados ao longo de três anos e receber mudanças.

Tais novidades podem representar que a China está afrouxando as restrições para investidores estrangeiros, fato que pode ser devido à desaceleração no crescimento de setores-chave da economia, depois de anos de crescimento exponencial.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.