Club Nintendo será fechado, mas companhia já planeja nova iniciativa

Club Nintendo será fechado, mas companhia já planeja nova iniciativa

Último Vídeo

A Nintendo anunciou que vai encerrar o Club Nintendo, um programa de fidelidade que dá diversos prêmios, muitos deles exclusivos. O fechamento vai seguir um cronograma pré-estabelecido, mas o desligamento definitivo será feito, nos Estados Unidos, em 30 de junho.

O Club Nintendo existe há 11 anos no Japão e há seis nos Estados Unidos. Para participar, é preciso se cadastrar e inserir códigos de produtos da Nintendo no site. Assim, o usuário ganha moedas que podem ser trocadas pelos diversos itens do programa.

A companhia avisa que, nos Estados Unidos, nenhum produto lançado a partir de hoje, 20 de janeiro, pode ser trocado por moedas no Club Nintendo. Caso tenha códigos para registrar, o consumidor tem até o dia 31 de março para fazê-lo, mesmo que a expiração ocorra depois dessa data. Por fim, pode-se trocar as moedas por prêmios até 30 de junho. Tudo o que não for utilizado será eliminado junto com a conta.

Clube de vantagens

"Nós agradecemos todos os membros do Club Nintendo por sua dedicação aos nossos jogos e seu amor contínuo por nossos sistemas e personagens", comentou Scott Moffitt, vice-presidente-executivo de vendas e marketing da Nintendo of America. "Queremos que a transição seja a mais fácil possível, então adicionaremos dezenas de novas recompensas e jogos para download e assim ajudaremos os membros a limpar seu saldo de moedas".

Esses novos itens serão adicionados em fevereiro, segundo a companhia. Além disso, quem ingressou no Club Nintendo poderá baixar o aplicativo Flipnote Studio 3D de graça, previsto para sair no mês que vem (e que estará disponível até 30 de junho). Apesar do fechamento do Club Nintendo, os jogadores não devem ficar sem um programa de recompensas por muito tempo. No Japão, a Nintendo planeja para o terceiro trimestre a inauguração de um novo serviço de fidelização.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.