Cocriador de Counter-Strike é preso acusado de exploração infantil
Seja o primeiro a compartilhar

Cocriador de Counter-Strike é preso acusado de exploração infantil

Último Vídeo

Um dos responsáveis pela criação de Counter-Strike, Jess Cliffe foi preso em Seattle na última quinta-feira (1) sob a acusação de ter praticado exploração sexual infantil. Até o momento a polícia local não divulgou muitos detalhes sobre o caso, mas já se sabe que ele teve seu pedido de fiança negado pelas autoridades locais.

No entanto, conforme aponta a KIRO 7, Cliffe simplesmente foi detido pelas autoridades e, até o momento, não foi acusado formalmente de nenhum crime. Diante do acontecimento, a Valve, que emprega o designer desde 2003, afirmou que está suspendendo o desenvolvedor até saber mais detalhes sobre o caso.

Relato da prisãoRelato da prisão

“Ainda estamos aprendendo os detalhes do que realmente aconteceu. Relatos sugerem que ele foi preso sob a acusação de um crime violento. Dessa forma, suspendemos seu emprego até que possamos saber mais”, afirmou a companhia em um comunicado enviado ao site Kotaku.

Cliff criou Counter-Strike junto a Minh Le em 1999 como um mod para o primeiro Half-Life, que logo ganhou popularidade e se tornar um dos precursores dos eSports como o conhecemos. O grande sucesso da ferramenta despertou o interesse da Valve, que contratou os criadores e adquiriu os direitos autorais da modificação.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.