Voxel

Cofundador afirma que Bungie desistiu de game parecido com Minecraft

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/BungiepediaO cofundador da Bungie Jason Jones comentou nesta semana o projeto da desenvolvedora para um RPG chamado Phoenix. Segundo Jones, o game abortado seria algo parecido com Minecraft.

Em entrevista ao IGN, o executivo afirmou que o projeto previa que os jogadores pudessem construir castelos e derrubá-los, entre outras ações. O cofundador da Bungie ressaltou que a produtora estava trabalhando em Phoenix ao mesmo tempo que fazia o primeiro Halo. “Há muitas coisas que eram realmente interessantes [a respeito de Phoenix], mesmo na época de Chicago, antes da aquisição”, contou Jones.

Halo “acabou” com o projeto

“Era um jogo baseado em uma tecnologia que era uma espécie de Minecraft, na medida em que você poderia construir castelos de blocos, por exemplo, e depois derrubá-los. Em última análise, a razão pela qual o jogo nunca chegou a ser publicado foi Halo. A equipe [do Project Phoenix] foi eliminada várias vezes para terminar o Halo”, explicou o cofundador da Bungie.

Perguntado sobre o conceito do game, o desenvolvedor de games afirma que é difícil descrever as possibilidades. “Era capaz de renderizar coisas como em Minecraft. A melhor coisa que podemos fazer é apenas olhar a compilação... Eu nem sei se temos uma ainda. Era legal. Havia grandes castelos e você podia derrubá-los com catapultas, abrir buracos nas paredes e sairiam caras de lá. Era alguma coisa entre um RTS e... É difícil até mesmo descrever”, tentou explicar Jason Jones.

Na entrevista, o cofundador da Bungie deixa claro que, apesar das inúmeras possibilidades, a companhia fez uma escolha certa. “Bem, nós deveríamos ter colocado nossos recursos no time de Halo ou continuado a trabalhar nesse game? Eventualmente, nós decidimos por Halo”, comentou Jones.

Enquanto Phoenix possivelmente não verá a luz do dia, a Bungie se prepara para lançar Destiny em 2014 para PS3, PS4, Xbox One e Xbox 360.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.