Voxel

Comissário alemão está preocupado com o quesito "privacidade" do Xbox One

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/Slashgear

Em declaração ao portal alemão Spiegel, Peter Schaar, comissário federal de proteção de dados e liberdade de informações, afirmou estar preocupado com as implicações de privacidade dadas às custas do novo console da Microfostrevelado pela companhia na semana passada.

Ao contrário de seu predecessor, o Xbox One funciona somente com o Kinect ativado. Ou seja, o sensor de movimentos com câmera integrada vai enxergar você o tempo todo durante a jogatina. Contudo, a Microsoft sustenta não estar interessada em bisbilhotar os jogadores, conforme publicado por aqui recentemente.

“O Xbox [One] registra todos os tipos de informações pessoais sobre mim. Taxas de reação, níveis de aprendizado e estados emocionais. Você está então ‘processado’ em um servidor remoto, possivelmente para uma ‘terceira parte’”, disse Schaal.

A Microsoft Games Studio, sobre o assunto, afirmou ontem (27) ao site Eurogamer que não pretende invadir a privacidade dos jogadores. “Nós não transmitiremos informações pessoais que possam identificá-lo, a não ser que você explicitamente escolha por isso”, disse Phill Harrinson, vice-presidente da empresa.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.