Compositor de Dexter e Dishonored, Daniel Licht morre aos 60 anos

Compositor de Dexter e Dishonored, Daniel Licht morre aos 60 anos

Último Vídeo

Nesta sexta-feira (4), acordamos com a triste notícia de que Daniel Licht, responsável pela trilha sonora de séries como Dexter e games como Dishonored 1 e 2, morreu aos 60 anos. Segundo a Variety, o artista a uma forma de câncer que não foi especificada. O compositor se tornou conhecido por usar materiais pouco convencionais, como ossos, facas, tesouras e copos de vinho em suas composições.

Além de trabalhar nas composições que apareceram em jogos eletrônicos, filmes e séries, Licht também era um instrumentista talentoso — muitas de suas principais obras podem ser conferidas nos 7 discos com a trilha sonora de Dexter. “Dan era um músico e compositor incrivelmente talentoso, mas, acima de tudo, ele era um amigo querido. Sua passagem deixa todos nós um pouco mais quietos, tristes e sem o presente de sua música e seu amor”, afirmou o produtor da série, Clyde Phillips.

Licht trabalhou em filmes como “Horror em Amityville”, “Hellraiser: Bloodline”, além de criar composições para a biografia “Hendrix” do Showtime e “King Solomon`s Mines”, entre outras obras. Ele também foi o responsável por trabalhar em músicas como “The Winner”, de Alex Cox, “Splendor”, de Gregg Araki e “Cowboy Up”, de Xavier Koller.

No mundo dos games, ele era o principal compositor de Dishonored, tendo trabalhado anteriormente em Silent Hill: Downpour e Silent Hill: Book of Memories. Ao todo, ele ganhou seis prêmios BMI por seu trabalho em Dexter e em Body of Proof.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.