Voxel

Consoles ainda terão mais de dois anos de vida, afirma instituto de pesquisa de mercado

Último Vídeo

Fonte: Reprodução/GamesIndustry
Com o surgimento e o aumento da popularização das vendas e do armazenamento de jogos em Cloud Gaming, sem mencionar na ascensão dos portáteis, smartphones e smart TVs, fala-se muito sobre uma possível extinção dos consoles. No entanto, o International Data Corporation não acha que as plataformas com discos físicos estão tão perto assim de chegar ao fim.

De acordo com um novo estudo divulgado pelo IDC, chamado “Worldwide Video Game and Entertainment Console Hardware and Packaged Software 2012-2016 Forecast”, os consoles ainda têm seguramente mais dois anos de vida em pleno auge. Lewis Ward, gerente de negócios do órgão, afirma que o “ecossistema” de consoles está seguindo em um fluxo crescente desde que eles continuem a sustentar uma gama de recursos fora dos games.

Ao mesmo tempo, continua Ward, a distribuição e a monetização dos títulos está caminhando visivelmente na direção da digitalização online. “Os anos de 2011 e de 1012 foram muito árduos para várias desenvolvedoras de consoles e para algumas publicadoras”, diz o gerente do IDC. “Com o advento da oitava geração de consoles, iniciando com o Wii U, normas históricas implicam que o mercado de discos físicos irá parar de sangrar em 2013 e crescer substancialmente em 2014”, conclui ele.

Mas nem tudo são flores

Fonte: iStock
No entanto, vale deixar bem claro que a IDC reconhece que a revolução dos meios digitais está afetando muito o mercado atual. A firma prevê que o volume de jogos vendidos em mídias físicas irá sofrer uma queda de mais de 3% ao ano até 2016, o que forçará as desenvolvedoras a migrar para os canais digitais.

 A previsão do IDC termina concluindo que, mesmo se os jogadores hardcores estiverem esperando pelos novos consoles de Microsoft e Sony, a Nintendo ainda conseguirá encontrar mais uma vez seu público cativo. A big N deve atingir o número de 50 milhões de bundles vendidos até o final de 2016.

Fonte: GamesIndustry/IDC

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.