Voxel
821
Compartilhamentos

Cory Barlog, diretor de God of War, diz que aprendeu muito com Hideo Kojima

Último Vídeo

Um dos pontos de destaque de God of War é a escolha de Cory Barlog, diretor do jogo, em nunca cortar a câmera, sempre dando foco a Kratos e Atreus. Mas de onde ele tirou a inspiração para criar coisas como essa? Segundo o próprio Barlog, Hideo Kojima foi uma das maiores referências para seu trabalho.

De acordo com o diretor de God of War, a ideia de ter uma câmera que nunca corta do personagem teve inspiração em Metal Gear Solid V: Ground Zeroes e Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, que tem cutscenes bem parecidas. As informações vieram do Twitter de Barlog, que respondeu a alguns fãs.

“Eu aprendi tanto com os jogos de Kojima. Eu me lembro de perder muito sono ao maratonar Metal Gear Solid 2. Eu estava tão cansado em um certo ponto que as conversas do códex começaram a quebrar a quarta parede, eu literalmente achava que eles estavam falando comigo. Me assustou. Uma aula fod@stica”, disse Barlog no tweet acima.

Sem dúvidas, Hideo Kojima é um dos pioneiros em aproximar a narrativa cinematográfica com os games, dando um peso e capricho muito maior do que estávamos acostumados. Pelo jeito, essas ideias afrente de seu tempo foram a inspiração para Barlog e muitos outros diretores a criarem obras com narrativas melhores. Com Death Stranding chegando aí, só temos especulações do próximo projeto mirabolante de Kojima.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.

Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Participe agora deixando seu comentário Acesse sua conta
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários