Voxel

Criador de BioShock: potencial dos consoles e rumos da indústria

Último Vídeo

Img_normal

Ken Levine, criador da série BioShock, fez alguns comentários interessantes sobre a atual geração dos consoles e sobre sua desenvolvedora, a Irrational Games. Segundo Levine, os video games atuais ainda têm bastante a oferecer em termos de desempenho, exemplificando seu argumento com a situação da geração passada, que se iniciou com jogos como Fantavision e The Bouncer, no PlayStation 2, e terminou com o lendário God of War.

“As desenvolvedoras usaram o mesmo kit de desenvolvimento na criação desses jogos. Se você dissesse isso a qualquer pessoa do mundo, ninguém iria acreditar”, comenta Levine, em entrevista ao site VideoGamer.

Levine também afirma que, enquanto a série BioShock ganha atenção, não existem motivos para voltar aos shooters tradicionais, como a série SWAT. Segundo ele, existem vários jogos do gênero e as diferenças entre eles são quase imperceptíveis.

Por fim, o criador da BioShock comenta sobre a emergência dos jogos casuais para as redes sociais e celulares. Segundo ele, a indústria não deve temer esse novo ramo de games, que vem conquistando vendas estelares. Para Levine, as companhias devem se adaptar, fornecendo experiências de acordo com as expectativas dos jogadores e criando uma algo que possa gerar uma conexão para as pessoas. “E se um dia as pessoas pararem de se conectar com o que faço então eu talvez faça algo diferente”, finaliza Levine.

Aguarde... Carregando a enquete.
Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.