Criador de God of War acredita que jogos AAA são repetitivos e vão acabar
614
Compartilhamentos

Criador de God of War acredita que jogos AAA são repetitivos e vão acabar

Último Vídeo

David Jaffe marcou o mercado de games com a criação de God of War, iniciando uma das franquias mais bem sucedidas da Sony. Só que desde então, ele foi se desgostando da indústria, não se segurando na hora de criticá-la com opiniões polêmicas. A mais recente é a de que jogos AAA são repetitivos e vão acabar em alguns anos.

Em seu canal no YouTube, o criador de God of War estava falando sobre o panorama atual do mercado de jogos e disse que os títulos AAA como os conhecemos hoje vão acabar, o público apenas não percebeu ainda. No vídeo, ele usou o gameplay de Uncharted: Drake's Fortune, de PS3 e lançado em 2007, e Uncharted: A Thief's End, lançado em 2016 para o PS4, para mostrar o que estava dizendo.  Para Jaffe, o fato de o gameplay ser basicamente o mesmo, mas refinado, é uma falha e prova de que a produção de grandes jogos está estagnada. 

"Falando somente sobre as mecânicas, o jogo não oferece nada de verdadeiramente novo e, para mim, isso é o que eu quero nos meus jogos", disse Jaffe. Mesmo sendo a sua opinião, Jaffe não está errado, já que, fundamentalmente, a série Uncharted tem o mesmo gameplay desde o primeiro título, apenas o refinando a cada novo título. Seria muito mais fácil Jaffe ter usado o seu próprio jogo, God of War, como exemplo para o seu argumento.

Durante boa parte de sua existência, o gameplay de God of War é o mesmo, seja no PS2, PS3 ou PSP. O fato de ele não ter sido refinado, aliado a algumas escolhas na saga de Kratos, acabaram por fazer com que o estúdio Sony Santa Monica precisasse mudar tudo para revitalizar a franquia, resultando no excelente God of War, lançado em 2018 para o PS4.

Jaffe esclarece que não está criticando a Naughty Dog, empresa que julga uma das melhores na hora de executar suas ideais, junto com o Sony Santa Monica Studios, mas que acredita que sequências devem apresentar mudanças no gameplay que surpeendam o jogador, sendo que a maioria dos títulos AAA já não fazem mais isso, o que pode ocasionar uma fadiga por parte dos jogadores.

Novamente, a opinião do criador de God of War não está completamente equivocada, afinal de contas, manter o mesmo gameplay, sem grandes mudanças, foi o que estagnou a sua franquia (Jaffe trabalhou na série apenas até God of War 2), mas isso pode acabar  sendo levado em consideração quando falamos de jogos de franquias diferentes que têm o mesmo gameplay. Nesse caso, Jaffe pode estar bastante correto em sua previsão.

O criador finalizou dizendo que sabe que sua opinião pode causar polêmica, mas que dentro de 4 ou 5 anos, boa parte da comunidade gamer deve pensar parecido com ele. Será que Jaffe se tornou um profeta dos games ou ele apenas ficou amargo em relação à indústria e a maneira como as coisas são feitas? Dê a sua opinião nos comentários abaixo.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários