Criador de Gran Turismo fala sobre GT Sport e diferença da equipe de Forza

Criador de Gran Turismo fala sobre GT Sport e diferença da equipe de Forza

Último Vídeo

A equipe britânica do Kotaku recentemente teve a chance de conversar sobre Gran Turismo Sport com o criador da série, Kazunori Yamauchi. Durante a entrevista, o desenvolvedor falou sobre o salto que o novo título representa para a franquia, os motivos para seu adiamento mais recente, a visão da Polyphony a respeito do PS4 Pro e a comparação com o ritmo de produção da empresa e o da Turn 10 nos Forza Motorsport e Horizon.

Na tentativa de adquirir um aspecto mais próximo dos eSports, Gran Turismo Sport representa uma verdadeira “nova geração” para a série. Isso, no entanto, não significa que o jogo deve perder as qualidades que conquistaram fãs aos longo dos anos, e é para garantir isso que Yamauchi teve que atrasar o lançamento. “O fato é que GT Sport é uma vitrine técnica que realmente queríamos aperfeiçoar. Nós não queríamos simplesmente soltá-lo com metade dos carros”, pontuou.

Dois é melhor que um

Falando a respeito do PS4 Pro e o fato de ter que trabalhar para que o título funcione em duas plataformas, o criador falou que o novo console é bem desenvolvido ao ponto de, enquanto no PS4 normal o game roda a 50 fps em 2K, na novidade ele consegue atingir 60 fps em 4K. De acordo com o desenvolvedor, isso não significou muito mais trabalho para a equipe.

Gran Turismo Sport foi feito para rodar bem tanto no PlayStation 4 quanto no PS4 Pro

“O jogo foi feito para conseguir manter a escala entre os dois lindamente, e também atualizamos a versão do console comum para ser em HDR – então a única grande diferença é o 2K versus 4K. E, para nós, o esforço colocado em otimizar a versão de menor resolução não foi diferente, foi consistente de uma ponta à outra”, afirmou Yamauchi.

Questionado se o poder extra do Pro não teria tentado a Polyphony a fazer GT Sport apenas para o aparelho, o criador afirmou que esse realmente nunca foi o caso. “As arquiteturas de ambos os consoles são tão bem desenvolvidas que não há melhorias significativas de fazer um jogo apenas para o mais novo. É mais lógico fazer algo compatível com os dois”, explicou.

Estilos diferentes

Quando Gran Turismo Sport for lançado, em 2017, já mais fazer 4 anos desde quando o título anterior da série, GT 6, saiu. No entanto, a equipe da Turn 10 responsável pela franquia Forza conseguiu concluir quatro games, sendo dois da família Motorsport e dois Horizon. Falando sobre essa diferença, Yamauchi não desmereceu a rival, mas defendeu a forma como a Polyphony atua.

Yamauchi explicou a diferença entre o seu time e a equipe de Forza

“Se você pensar no caso de GT 6, nossos ciclos entre lançamentos foram praticamente os mesmo. Os times de Forza, provavelmente são duas equipes trabalhando em títulos diferentes, porque eles preparam os produtos muito rápido. Mas no que diz respeito ao ciclo de Gran Turismo, estamos no caminho certo, como de costume”, afirmou.

“Temos 200 funcionários dedicados a esse título, incluindo do motor de renderização, engine do game, tudo é desenvolvido dentro da casa, e esse sempre foi o caso desde o primeiro GT. Isso é algo especial, em comparação com as outras [desenvolvedoras]”, conclui Yamauchi.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.