Criador quer simplificar um pouco Guilty Gear para atrair mais jogadores
Seja o primeiro a compartilhar

Criador quer simplificar um pouco Guilty Gear para atrair mais jogadores

Último Vídeo

Responsável pela criação de Guilty Gear, Daisuke Ishiwatari é um dos funcionários mais antigos da Arc System Works e ajudou a moldar a maneira como a empresa faz seus jogos de luta. Em uma entrevista concedida ao Destructoid, ele falou sobre a importância da EVO para o estilo e como jogos como Dragon Ball FighterZ ajudaram ele a perceber que é preciso investir na simplificação de alguns sistemas para o próximo Guilty Gear.

“A Arc System Works trabalhou em múltiplos jogos de luta, não somente em Guilty Gear, mas outros também. Nosso pensamento por trás dessa estratégia é que os jogos de luta são uma ferramenta de comunicação, então se há mais pessoas por aí, há mais comunicação. Mas o EVO é uma base de usuários maior, então a ARC está se focando em se conectar com todos, para que nossos títulos sejam apreciados em um palco maior”, afirmou Ishiwatari.

Dragon Ball FighterZ

“O que posso dizer é Dragon Ball FighterZ foi desenvolvido baseado em lições que aprendemos nos títulos Guilty Gear e BlazBlue anteriores, mas para Guilty Gear especificamente é importante manter as pessoas que já ganhamos. No mesmo tempo, queremos expandir a base de usuários para que mais pessoas estejam chegando. Diariamente, estamos tentando descobrir nosso ponto de equilíbrio para satisfazer quem já está conosco e usuários novos”.

O criador explica que essa expansão de usuários não passa necessariamente pela chega da série ao Switch, já que o console não tem necessariamente o poder para entregar uma experiência visualmente impressionante. No entanto, ele não descarta possibilidades futuras e diz que a Arc System Works ainda está trabalhando em descobrir como trabalhar com a plataforma.

"Uma das coisas que temos que fazer na próxima versão é reduzir o número de sistemas [mecânicas]; é muito complicado para todo mundo"

“Depois de lançar Guilty Gear Xrd REV 2, é claro o que precisamos melhorar. A chave é conquistar mais usuários por causa dos controles complexos. Mas se implementarmos tudo, o jogo não vai mais ser Guilty Gear. É difícil balancear todas as melhorias. Uma das coisas que temos que fazer na próxima versão é reduzir o número de sistemas [mecânicas]; é muito complicado para todo mundo. Você pode esperar isso no próximo game”, garantiu Ishiwatari.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.