Voxel

Criador de Rayman anuncia WiLD — um “Monster Hunter” pré-histórico [vídeo]

Último Vídeo

Para quem se perguntava sobre o que havia sob as mangas do genial Michel Ancel, eis a resposta: WiLD. Para efeitos de comparação, trata-se do que poderia ser chamado de um “Monster Hunter pré-histórico” — impressão que é reforçada pelo trailer liberado durante a última edição da feira gamescom (confira acima).

A sequência mostra dois seres humanos (e, curiosamente, um esqueleto) perambulando por regiões selvagens de uma Terra ancestral. Naturalmente, o objetivo não poderia ser outro além da própria sobrevivência, o que fica claro quando se vê os personagens utilizando técnicas de camuflagem e espreitando à surdina para roubar ovos ou caçar javalis. Mas não deve ser apenas isso.

Um lobo, uma ovelha “e até mesmo uma truta”

“Quando começamos a trabalhar em WiLD, nós queríamos ter a certeza de que ainda nos divertiríamos jogando nosso título mesmo meses após o seu lançamento”, disse Ancel em publicação no Blog Oficial do PlayStation. De acordo com o desenvolvedor, é por esse motivo que sua nova criação deve ter uma área jogável “do tamanho da Europa”.

O designer também afirmou que praticamente qualquer personagem encontrado nas paisagens agrestes poderá ser controlado pelo jogador. E, não, nós não estamos falando apenas de seres humanos. “Em cada vez que você jogar, será possível descobrir novas coisas, inclusive nos mesmos lugares”, disse o desenvolvedor.

Ele continua: “Mas a melhor característica que apareceu durante a nossa fase protótipo foi a possibilidade de jogar como lobos, cavalos, ovelhas e até mesmo como uma truta! Dessa forma, nós decidimos que todas as criaturas em WiLD deveriam ser jogáveis, mesmo as mais gigantescas e perigosas”.

“Oportunidades interativas sem fim” no PS4

Ademais, o mundo de WiLD deve incluir também alterações nas condições atmosféricas — incluindo passagens de estações — e “oportunidades interativas que parecem não ter fim”. Intrigante, de fato. “Todas essas características combinadas abrem inúmeras novas situações de jogabilidade, sobretudo quando se joga online. Como você aborda o jogo depende apenas de você, e até mesmo o que você é no jogo depende apenas de você!”

Ancel aproveitou ainda a ocasião para festejar as qualidades do PlayStation 4, única plataforma que deve ser contemplada com o seu novo projeto. O desenvolvedor afirma que o título utilizará “todo o poder do console”, além de “todas as suas possibilidades malucas de compartilhamento.” Ademais... Fica apenas a promessa de novidades em breve.

Wild é a primeira criação do Wild Sheeps, estúdio independente formado pelo criador de Rayman  e de Beyond Good and Evil em Montpellier (França) — o qual, não obstante, garante que ainda faz parte da Ubisoft.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.