Voxel

Crystal Dynamics detalha novidades de Tomb Raider: Definitive Edition

Último Vídeo

O mundo esperava uma sequência, mas a Crystal Dynamics decidiu aproveitar a chegada da nova geração para lançar uma nova versão de Tomb Raider. Como apresentado no último VGX, o poder dos novos consoles vai ser muito bem aplicado na hora de gerar cabelos macios e sedosos para a aventureira. Só que a produtora está empenhada em mostrar ao mundo que esse relançamento vai muito além do fim das pontas duplas e dos fios quebradiços.

Em uma seção de perguntas e respostas no fórum oficial da empresa, o produtor executivo Scot Amos explicou que a companhia está empenhada em trazer Tomb Raider para o PS4 e Xbox One para dar vida à melhor Lara Croft já feita. Para Amos, eles não podiam deixar passar a oportunidade de testar o poder dos novos hardwares, uma vez que seu objetivo sempre foi atingir um nível de excelência que, até então, não tinham conseguido obter.

É claro que ele não conseguiu escapar das críticas dos fãs, que questionaram a necessidade de relançar um título que está há menos de um ano no mercado. No entanto, o produtor se esquivou dizendo que essa “revisão” no visual da moça é apenas o começo das experimentações da Crystal Dynamics nesta nova geração e que essa evolução será contínua nos próximos títulos da série.

Em outras palavras, o estúdio optou fazer seus testes em um título que todos já conhecem do que arriscar em uma sequência. Uma decisão polêmica, mas que faz muito sentido visto que o desenvolvimento de um título next-gen é muito caro e eles não querem correr o risco de errar na continuação de um dos títulos mais elogiados de 2013.

Que entre a TressFX

Amos ainda comentou sobre a tecnologia TressFX usada na Definitive Edition para aprimorar o visual da personagem, seja na movimentação do cabelo ou na representação de sua pele. O produtor comenta que as marcas, cicatrizes e machucados ficarão muito mais bonitos nesta nova versão.

Ele também destaca o novo sistema de partículas e iluminação adotado que fará sua estreia no PS4 e Xbox One bem mais realista. Outro ponto semelhante é a física, cuja mudança, apesar de sutil, vai impressionar os jogadores.

E, por mais que boa parte disso já esteja presente na edição para PC de Tomb Raider, Amos afirma que tanto a protagonista quanto os NPCs receberão novos modelos que vão tornar essas melhorias vistas nos computadores ainda mais perceptíveis.

Desempenho e conteúdo exclusivo

Já para quem espera o máximo de desempenho de Tomb Raider: Definitive Edition, o produtor-executivo confirmou que o título rodará a 1080p em ambas as plataformas. Por outro lado, ele não garantiu a estabilidade de 60 quadros por segundo, já que a Crystal Dynamics está trabalhando para otimizar essa frequência, o que impede que ele dê qualquer declaração definitiva até meados de janeiro.

E, para provar que a nova edição não é apenas uma recauchutagem do jogo deste ano, Amos prometeu alguns recursos exclusivos desta nova geração. Exemplo disso é o uso de comandos de voz para executar determinadas tarefas, como atalhos para os menus e trocas de armas. Além disso, todos os DLCs lançados até agora estarão disponíveis no disco.

Por fim, ele comentou que a Definitive Edition está sendo feito pensando nos consoles de nova geração, mas isso não impede que, em um futuro breve, a Crystal Dynamics tente levá-la para o PC — caso essa seja uma requisição dos fãs.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.