Voxel

Crystal Dynamics fala (mais uma vez) sobre a criação da nova Lara Croft

Último Vídeo

Img_normalDesde que o reinício da série Tomb Raider foi anunciado, a Crystal Dynamics só sabe falar em como a nova Lara Croft é diferente das antigas e como foi o processo de criação de uma personagem mais realista, humana e sem todo o apelo sexual que a acompanha há anos. E parece que eles ainda não se cansaram do discurso, tanto que o diretor sênior de arte do game, Brian Horton, decidiu voltar ao assunto.

Em entrevista ao site AusGamers, ele explicou que a ideia é voltar às origens para mostrar uma Lara mais vulnerável e frágil. Como ele aponta, a série sempre trouxe indícios sobre o passado da heroína, mas nunca apresentou sua primeira aventura. E é exatamente por mostrar essa história inicial que a produtora tem mais liberdade de aplicar um filtro mais moderno sobre esses acontecimentos, permitindo que vejamos como ela se tornou a musa que conhecemos.

Img_normalPara o diretor, o novo Tomb Raider visa exatamente mostrar a evolução da personagem como a garota indefesa para a caçadora de tesouros que entrou para a história dos games. Para tornar isso realidade, o estúdio precisou voltar à essência da moça e deixar de lado algumas das características que a tornavam durona.

Horton finaliza dizendo que o primeiro Tomb Raider serviu como uma das principais fontes de inspiração para buscar essas referências sobre quem é Lara Croft e sobre esse processo de maturidade que ela terá de encontrar.

Fonte: AusGamers

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.