Voxel

Crystal Dynamics nega ameaça de estupro em Tomb Raider

Último Vídeo

Em uma das cenas do trailer Crossroads, revelado durante a E3 2012 para divulgar o game Tomb Raider, um mercenário tenta passar a mão no corpo de Lara Croft, sendo empurrado por ela logo depois. As cenas causaram certa indignação entre os gamers e a imprensa especializada, que acusavam a Crystal Dynamics de usar um recurso falho – a sugestão de estupro – para fragilizar a protagonista e colocar o homem na posição de vilão.

Tudo isso, de acordo com Darrell Gallagher, não passa de um grande mal entendido. O diretor da desenvolvedora Crystal Dynamics afirma que as cenas do título final não vão além do que já foi mostrado no trailer. A imagem tem significado por representar a primeira vez que Lara matará alguém no título e a ideia era, apenas, dar um tom a mais de ameaça à situação.

Gallagher afirma veementemente que não existe nenhum tipo de conotação de estupro no game e esse nem mesmo é um tema que a Crystal Dynamics pretende abordar. O diretor também pediu desculpas por não ter explicado melhor o contexto por trás da cena e afirmou que a empresa deve ser mais cautelosa com as divulgações no futuro.

Fonte: Site oficial de Tomb Raider

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.