Cyberpunk 2077 não vai ter medo de tratar de mensagens políticas
362
Compartilhamentos

Cyberpunk 2077 não vai ter medo de tratar de mensagens políticas

Último Vídeo

Durante uma entrevista concedida à Official Xbox Magazine, o desenvolvedor de missões de Cyberpunk 2077 afirmou que a CD Projekt RED não vai ter medo de tocar em assuntos políticos em seu novo jogo. Segundo Patrick Mills, a desenvolvedora vai respeitar os temas do RPG original e não vai ter medo de fazer críticas sociais ou comentários políticos sobre situações que podem ter equivalentes no mundo real.

Cyberpunk 2077

“Cyberpunk 2077 é um game sobre pessoas no topo com poder e pessoas no fundo sem nenhum”, afirmou Mills. “Esse poder pode vir do dinheiro, hierarquias, tecnologia e violência. O cenário original de Cyberpunk 2020, como o cenário das histórias de The Witcher, são uma crítica complexa do mundo do autor, e não temos medo de trazer isso a nossos games. Ao contrário, acredito que isso é uma das coisas que nos diferencia. Cyberpunk é um genro nativamente político e é uma franquia inteiramente política”.

Primeira pessoa

Mills também reafirmou que a decisão da CD Projekt RED em adotar uma visão em primeira pessoa em Cyberpunk 2077 tem o objetivo de aproximar os jogadores do personagem, fazendo com que os jogadores sintam que habitam seu mundo. “Vá jogar um game em terceira pessoa, vá jogar The Witcher 3, e tente olhar para cima. Só tente olhar diretamente para cima. Você vai descobrir que a imersão nunca funciona realmente. Nunca parece que você está olhando para cima. Parece que você está movendo uma câmera”.

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077 foi um dos grandes destaques da E3 2018, aparecendo tanto na apresentação da Microsoft quanto em uma exibição a portas fechadas feita para um público selecionado. Ainda sem data de lançamento definida, o game pode aparecer tanto no PlayStation 4 e Xbox One quanto nas plataformas que estão sendo preparadas para a nova geração.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários