Cyberpunk 2077 não terá sistema de moralidade

Cyberpunk 2077 não terá sistema de moralidade

Último Vídeo

Fãs do gênero RPG estão acostumados com títulos apresentando um sistema de moralidade baseado nas escolhas do jogador, como o clássico alinhamento "Bom, Neutro, Mau" de RPGs de mesa. Até mesmo fora desse gênero nós vemos esse sistema implementado em títulos com grande foco em história, como em Catherine, em que as escolhas do jogador afetam um termômetro de "liberdade" (representado por um anjo caído) e "ordem" (representado por um querubim). Apesar disso, um dos RPGs mais aguardados da atualidade, Cyberpunk 2077, não contará com nada do tipo.

Durante uma entrevista entre o site GamingBolt, o diretor de quests Mateusz Tomaszkiewicz, da CD Projekt RED, confirmou que o jogador poderá terminar o jogo sem matar uma única pessoa. Quando perguntado se isso significa que o título contará com um sistema de moral, Tomaszkiewicz negou, dizendo:

"Nós não temos exatamente um sistema de moral. No entanto, para completar [o jogo] não letalmente você tem que ser muito bom em furtividade. Invista em pontros que lhe permitam usar furtividade melhor, use armas que permitam incapacitar o inimigo ao invés de matá-los, para fazer as escolhas morais que permitirão que você evite matar pessoas no jogo."

Sendo assim, o único sistema de moralidade envolvido no jogo estará na consciência do próprio jogador. Caberá a ele decidir se deve ou não matar, algo que pode se provar difícil na cidade distópica de Night City, onde não só tecnologias cibernéticas evoluíram como o crime também.

Cyberpunk 2077 será lançado para PlayStation 4, Xbox One e PC no dia 16 de abril de 2020.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários